Rio Piracanjuba, você conhece?

Represa que se encontra 100 m abaixo das principais nascentes do rio Piracanjuba. Foto: Helena Bernardes

Até bem pouco tempo atrás, eu não sabia que existia um rio chamado Piracanjuba. A primeira vez que ouvi falar do rio, foi através de um amigo que disse ter ido pescar no rio, na fazenda de um outro amigo. Como estavamos descendo o rio Meia Ponte de caiaque, houve até um pedido por parte dele para que pudessemos descer o rio Piracanjuba também. Para quem não sabe, o rio Piracanjuba nasce a 8 Km do DAIA (Distrito Agroindustrial de Anápolis) já no município de Silvânia – GO e segue seu curso até sua foz no rio Corumbá. Não tenho informações de quantos municípios sua bacia abrange, sei apenas que o município de Piracanjuba, em virtude de secas que castigavam sua população, passou a buscar água nesse rio numa distância de mais de 16 Km. Esse é só um exemplo da importância desse rio. O rio não começa grande, ele inicia com a água que aflora da terra e começa a se dispersar em direção ao ponto mais baixo do relevo, ou seja, ele começa pequenino e vai ganhando corpo a medida que vai recebendo as águas de outros córregos e rios. é como um ser humano que nasce como um bebê, e vai tomando forma para se tornar um adulto. Segundo resolução do CONAMA, temos o seguinte:

A Resolução CONAMA (Conselho Nacional de Meio Ambiente) nº 303, de 20 de março de 2002, define em seu Artigo 3º as situações específicas em que são consideradas e constituídas as APPs, Áreas de Preservação Permanente:

Art. 3º Constitui Área de Preservação Permanente a área situada:

II – ao redor de nascente ou olho d`água, ainda que intermitente, com raio mínimo de cinqüenta metros de tal forma que proteja, em cada caso, a bacia hidrográfica contribuinte;

IV – em vereda e em faixa marginal, em projeção horizontal, com largura mínima de cinqüenta metros, a partir do limite do espaço brejoso e encharcado;

Na resolução acima temos que área de nascentes são consideradas de preservação permanente e que num raio mínimo de 50 metros elas devem ser protegidas. Não é o que se vê na maioria dos casos, o que se nota é um total descaso por aqueles que deveriam protege-las.

Pois bem, a segunda vez que ouvi falar do rio Piracanjuba foi através do Professor Jarmuth que possui um blog que fala sobre meio ambiente, o SOS Rios do Brasil, lá encontrei a história da Helena Bernardes, uma ambientalista apaixonada pelo rio Piracanjuba e que se dedica arduamente pela preservação das nascentes desse rio. A luta dessa guerreira já dura alguns anos, conquistas e derrotas fazem parte de seu curriculo nessa luta. Interessante é notar que nem as empresas que estão no DAIA, nem tão pouco a prefeitura ou autoridades ambientais se importam com as nascentes do rio, Para conhecer um pouco mais de seu trabalho, selecionei alguns posts que ela fez em seu blog e também o endereço principal de seu blog.


http://www.sosnascentes.org/2010/10/um-dia-fantatisco-no-meio-da-natureza.html
http://www.sosnascentes.org/2009/07/imagens-da-nascente-do-rio-piracanjuba_24.html
http://www.sosnascentes.org/2010/08/poluicao-da-agua-nas-nascentes-do-rio.html
http://www.sosnascentes.org/2011/03/imagens-do-rio-piracanjuba-em-2010.html
http://www.sosnascentes.org/2010/07/o-que-vai-acontecer-nas-nascentes-do.html

Site principal – http://www.sosnascentes.org

Anúncios

5 comentários em “Rio Piracanjuba, você conhece?

  1. Grande amigo Ernesto,

    Parabéns pelo lindo trabalho que vem desenvolvendo para divulgar as ações do SOS NASCENTES e também pelos interessantíssimos artigos de seu blog. São parceiros assim que precisamos para ajudar proteger as gerações vindouras, pois o planeta não precisa ser salvo, já se protege sozinho. Basta vermos as reações da própria Natureza, no cenário atual, para comprovarmos que ele tem seus próprios mecanismos de defesa.

    Um grande e afetuoso abraço!

  2. Eu, João Marques de Souza, moro em Morrinhos e conheço parte deste rio onde passo parte do meu tempo de folga, as vezes penso como as pessoas não dão o devido valor em nossos rios e matas. Com o Rio Piracanjuba não é diferente, mas natureza tenta fazer sua parte, cabe as pessoas fazerem a parte delas.
    Mas o Rio Piracanjuba ainda é um dos rios mais preservados que conheço, sei que poderia ser ainda mais preservado, tomará que as pessoas siga os exemplos de preservação e cuidado com o Rio Piracanjuba e todos os outros, para que nos momentos de lazer, todas as famílias possam se deliciar com os prazeres da natureza.

    1. Olá Mari. Obrigado pela visita ao blog. A informação estava escrita de maneira incorreta mesmo. Na verdade as nascentes do rio se encontram a cerca de 8 Km do DAIA, já no município de Silvânia. Já fiz a correção no texto. Obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s