Descarte inadequado de lixo, Mamona e suas curiosidades

Já parou para observar que todo local onde há descarte inadequado de lixo, seja ele orgânico ou resíduos de construção sempre existem pés de mamona? Os culpados são principalmente os pássaros que se alimentam das sementes da planta e que também frequentam esses locais de descarte. Ao defecarem na área as sementes se depositam no… Leia mais Descarte inadequado de lixo, Mamona e suas curiosidades

Uma ameaça subestimada: poluição terrestre com microplásticos

FORSCHUNGSVERBUND BERLIM* Minúsculas partículas de plástico também representam uma ameaça para as criaturas em terra e podem ter efeitos prejudiciais semelhantes ou mesmo mais problemáticos do que nos nossos oceanos. Pesquisadores do Leibniz-Institute of Freshwater Ecology e Inland Fisheries (IGB) e seus colegas de Berlim alertam: o impacto dos microplasticos nos solos, sedimentos e nas… Leia mais Uma ameaça subestimada: poluição terrestre com microplásticos

A urbanização acelerada e os nossos mananciais

Por Ernesto Augustus* É triste ver ambientes até então preservados serem completamente destruídos, tudo em nome da urbanização sem controle. Não sou e nunca fui contra urbanizar, até mesmo porque é inevitável nos dias atuais. O problema se chama urbanização acelerada. A questão é que o crescimento de uma cidade deve se pautar sobre o… Leia mais A urbanização acelerada e os nossos mananciais

#ACulpaNãoéDoMacaco – Macacos não transmitem febre amarela: denuncie agressões

Agredir ou matar macacos é crime ambiental e prejudica o trabalho de prevenção dos surtos de febre amarela. Além de não transmitirem o vírus, macacos são os primeiros a morrer com o contágio em ambiente silvestre, servindo de alerta para que sejam adotadas medidas de controle. A Lei n° 9.605/98 estabelece detenção de seis meses a um… Leia mais #ACulpaNãoéDoMacaco – Macacos não transmitem febre amarela: denuncie agressões

As cidades são verdadeiras armadilhas quando o assunto são as chuvas torrenciais

A chuva do dia 29/01/18 que se abateu sobre a maior parte de Goiânia foi uma daquelas que podemos chamar de uma autentica tempestade. Foram 88 mm de chuva em pouco mais de 2 horas. O suficiente para alagar vários pontos da cidade e deixar vários motoristas ilhados e alguns com seus carros invadidos pela… Leia mais As cidades são verdadeiras armadilhas quando o assunto são as chuvas torrenciais