Sugestão para educação ambiental nas escolas.

A todos os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa(CPLP): Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Angola, Portugal, Brasil, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Timor leste, São Tomé e Principe e a outros locais de lingua portuguesa, recomendo a série Mundo Paralelo, de autoria minha, para enriquecimento do trabalho de educação ambiental no ambiente escolar e em outros locais.

Todo o conteúdo é baseado em fatos reais, ou seja, vivência prática na natureza e posterior adaptação para o mundo de ficção. Os textos utilizam uma linguagem de simples compreensão, são divertidos e podem também ser adaptados para utilização em peças teatrais para assim enriquecer ainda mais o conteúdo de educação ambiental nas escolas.

Em breve vou publicar em texto e talvez em vídeo, explicações de como me inspirei para escrever cada um dos textos. Acredito que possa ser uma forma de agregar ainda mais às discussões sobre o tema contido em cada uma das estórias.

Falando um pouco mais sobre mim, eu sou o Ernesto Augustus, um aventureiro, escritor, entusiasta e admirador inconteste dos biomas, dos rios e da biodiversidade. Sou morador de Goiânia – Goiás, região central do Brasil.

As gangues do rio
O Supermercado nas águas
– Um dia de fúria
– O médico e o rio
– O parque e o rio
– Diálogo entre humano e peixe I
A saga de uma garrafa pet
A criança e a Serra
O Pequizeiro
– O lago
A Mata Ciliar e o Rio
O rio e a cidade

 

Anúncios

Um comentário em “Sugestão para educação ambiental nas escolas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.