Que venha 2014!

Acredito que a imagem reflete um pouco do que quero dizer.
Acredito que a imagem reflete um pouco do que quero dizer.

O ano de 2013 está chegando ao fim, 2014 está na porta, amanhã entraremos em contagem regressiva. Alguns de vocês que me seguem devem ter percebido que este ano foi de pouquíssimas postagens, raras pra dizer a verdade. Não abandonei o blog, apenas dei um tempo em 2013, os textos foram postados a conta-gota. Desde 2012, a partir do segundo semestre as coisas se tornaram de certa forma diferentes para mim, de repente muita coisa passou a fazer sentido, acredito ter despertado para o mundo que estava na minha frente mas eu desconhecia. Meus contatos com a natureza me abriram os olhos. Na busca de respostas para os problemas ambientais, acabei esbarrando no social, nas pessoas, no real meio ambiente( o que engloba tudo: pessoas, animais, cidades, plantas, etc). Acredito ter ficado muito confuso, pois me deparei com algo muito mais complexo do que eu imaginava, algo que ainda não consegui digerir por completo, mas que me provoca fascinação. Tudo começa pelo fato de que o modelo de desenvolvimento adotado pelo ser humano não é sustentável, a maneira consumista pela qual estamos levando a vida e por consequência exaurindo o planeta é suicida. É plenamente possível desenvolver e ao mesmo tempo preservar, o problema é que nós seres humanos temos pressa, mas pressa para chegar onde exatamente?

Tenho a estranha sensação que de tempos em tempos a espécie humana sofre uma espécie de reinício, que os  métodos de dominação utilizados no passado são apenas modernizados e vamos sempre sendo mantidos bem longe do que somos de verdade. Observando o modo de vida da maioria das pessoas, percebo que estamos nos desconectando da Terra e ficamos cada vez mais dependentes do efêmero, do descartável. Até as relações humanas se tornaram moeda de troca, tudo hoje em dia tem um preço. O egoísmo impera, o conforto de uns depende do sacrifício de outros, e por mais absurdo que possa parecer as pessoas não se sentem incomodadas por isso, mesmo quando sabem da verdade pois, acreditam que sozinhas não são capazes de mudar nada, que o mundo sempre foi assim, dominadores e dominados.

Hoje o ser humano acredita ingenuamente que dominou a natureza, mas quanto mais as pesquisas avançam, mais desconhecida se torna a jornada do homem para descobrir os mistérios de Gaia. Nem em relação ao aquecimento global os cientistas se entendem, será mesmo que o planeta está se aquecendo ou se resfriando? Temos realmente culpa, ou não? Muitas vezes faz parte do jogo, dependendo para onde o vento sopra, em relação ao dinheiro, é para onde as pesquisas tendenciosas irão.

O planeta Terra é sim um organismo vivo, observe-no, veja como o planeta reage as agressões que infligimos nele, seja um rio poluído que se auto-depura, uma floresta que se regenera sem a intervenção humana ou mesmo  a regulação de gases como oxigênio e nitrogênio ou temperatura de certa forma constante de nosso planeta. Nós somos partes desse superorganismo, não somos melhores, nem piores que outros animais, cada qual tem o seu papel dentro desse complexo ecossistema. Se recebemos o dom da criatividade, do raciocínio, deveríamos ter a missão de proteger os organismos mais vulneráveis e não de exterminá-los diretamente ou indiretamente acabando com o seu habitat.

Devemos deixar de lado o egoísmo, individualismo, a vaidade, a soberba, o ser humano é bom em sua maioria, o problema é que deixamos ser dominados por alguns poucos que apesar de possuírem a inteligência e a astúcia possuem a maldade em seus corações, que não pensam nem em nós como seres humanos, nem em plantas ou animais, pensam somente em manter sempre o domínio a qualquer custo. Não deixemos ser levados diretamente ao abismo, ainda dá tempo de despertamos. Leia bastante, questione, interaja com a natureza, ela tem as respostas.

FELIZ 2014 a TODOS NÓS!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s