Você ainda tem córregos ou rios a céu aberto em sua cidade? Valorize!

Isso mesmo, valorize os rios e córregos abertos de sua cidade. Não vire as costas, ao passar por uma ponte, pare um momento, contemple-o, mesmo que não seja bonito, ele precisa de você. Você ainda pode ver, mas outras pessoas, em outras partes do Brasil e do mundo não, e elas sabem disso e fazem de tudo para mudar a situação, pois sentem que falta algo, e aos poucos estão redescobrindo rios que foram há muito escondidos.

A grande maioria das cidades se estabeleceu próximo a rios por uma questão de sobrevivência, mas retribuímos com o que? canalizações, e com o passar dos anos, simplesmente com o seu completo desaparecimento.

No Brasil existem grupos que já estão se mobilizando para redescobrir as belezas escondidas de sua cidade, temos por exemplo o projeto MeiaPonte.Org de Goiânia, o Águas da Memória da cidade de São Carlos, o Rio e Ruas de São Paulo, e vários outros projetos, não só pelo Brasil, mas pelo mundo, que surgem através da conscientização de mais e mais pessoas.  Confira abaixo o trailer do documentário: Lost Rivers, ou traduzido para português: Rios Perdidos, que nada mais é do que o estímulo à renaturalização de rios que desapareceram ao longo dos anos.

Caroline Bâcle *diretora presente na mostra CANADÁ, 2012, 72′

Houve um tempo, em quase todas as cidades industriais, em que inúmeros rios fluíam.
 Construímos casas ao longo de suas margens.
Nossas estradas abraçavam suas curvas.
E suas correntes alimentavam nossas usinas e fábricas. Mas, conforme as cidades cresceram, nós poluímos tanto os rios que eles se tornaram veículos de doenças mortais transmitidas pela água, como a cólera, que era a Peste Negra do século XIX.
Nossa solução há dois séculos foi enterrar rios subterrâneos e fundi-los às redes de esgoto.
Hoje, sob a cidade, eles ainda fluem, fora de vista e de nossas mente… até agora.
Isso porque os moradores urbanos estão em uma busca para se reconectar com o mundo natural denegrido.
Rios Perdidos nos leva em uma aventura abaixo da terra e através do mundo, redescobrindo a história desses rios urbanos perdidos ao mergulhar em mapas de arquivos e indo ao subterrâneo com exploradores urbanos clandestinos.
Será possível vermos esses rios de novo?
Para encontrar a resposta, nos encontramos com visionários pensadores urbanos, ativistas e artistas de todo o mundo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s