Será mesmo que Goiânia é uma cidade que se preocupa com o Meio Ambiente?

Reportagem muito interessante do jornal O Hoje com um retrato sobre a situação dos rios e córregos da região metropolitana de Goiânia. Lamentável. Só para constar, estou na reportagem como idealizador da ONG Meiaponte.org, cujo site pode ser acessado nesse link http://www.meiaponte.org. Veja a reportagem abaixo e o link para ir para o site do jornal:

——————————————————————–

Rios em situação gravíssima

Angélica Queiroz
Galtiery Rodrigues

“A situação dos rios de Goiânia é gravíssima.” A afirmação é do gerente de monitoramento ambiental da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Ramiro Menezes. Comemorado hoje, o Dia Mundial da Água traz o debate sobre a poluição dos rios. De acordo com Ramiro, o principal problema é o esgoto das cidades, que não tem uma destinação adequada. Além disso, em vários bairros, nem existe rede de esgoto e o sistema ainda é de fossas. Lixo nas ruas, ocupação das margens, desmatamento e até falta de consciência ambiental por parte da população são os outros maiores responsáveis pela situação. Ainda segundo o gerente, a situação piora à medida que a cidade cresce.

Ramiro lembra que Goiânia é rica em recursos hídricos. “Todo bairro que você vai tem uma nascente. Se não fosse a poluição, a gente teria uma situação ótima aqui.” No entanto, segundo ele, nosso lençol freático está contaminado, principalmente por causa das fossas. “Goiânia tem sérios problemas com saneamento básico. Em alguns bairros, como o Jardim Novo Mundo, por exemplo, não têm rede de esgoto e nem galeria. É tudo jogado direto no Rio Meia Ponte. É covardia até.” Levantamento da Amma mostrou 20 pontos de lançamento de esgoto sem tratamento em rios. A maioria é de lixo doméstico, mas algumas indústrias também despejam seus esgotos e lixo nos rios, clandestinamente.

Segundo Ramiro, o problema começa no licenciamento de empreendimentos em locais que deveriam ser áreas de preservação ambiental. Ele explica que a Prefeitura exige que os locais para loteamento tenham água e energia, mas nem sempre é exigida rede de esgoto. “Em alguns locais não é possível construir as redes, porque são muito próximos ao manancial. Às vezes, não dá para fazer nem fossa direito.” Um exemplo é o assentamento Serra Azul, em área de alagamento, que passa por problemas sempre que chove forte.

Legislação
Para Ramiro, a solução para o problema começa pela aplicação das leis e pela não ocupação das áreas de mananciais. Em seguida, deveria se investir em saneamento básico para sanar o problema do esgoto. O idealizador da ONG Meia Ponte.Org, Ernesto Augustus, concorda. Para ele o principal problema é o homem, seguido pela falta de investimento em saneamento básico. “A maioria das cidades não tem sistema de coleta e tratamento do esgoto que acaba sendo jogado nos rios, seja de forma clandestina ou pela própria empresa de saneamento”, comenta Ernesto. O idealizador da ONG destaca ainda que a inauguração de uma estação de tratamento do esgoto no Rio Meia Ponte já melhorou significativamente a qualidade da água do rio e que seria importante a implantação de outras estações em outros locais.

No entanto, também é necessário investir em educação. “É só ir até a margem de algum rio que vamos ver sacos e sacos de lixo. É inacreditável”, se indigna Ernesto. Ernesto Augustus lembra que as pessoas não percebem que o lixo que elas jogam na rua vai para os rios. Para ele, é preciso começar na educação infantil a mostrar a dimensão desse problema para que as futuras gerações não cometam os mesmos erros. “A consciência do goiano ainda é baixa. Vejo, por exemplo, muita gente jogando lixo pela janela do carro.” Ernesto afirma que também faltam lixeiras nas ruas, mas orienta que isso não é desculpa para que as pessoas joguem o lixo no chão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s