Para alguns poucos, sair da favela não representa que a favela sairá deles.

Essa reportagem me deixou indignado, quanta ignorância desses moradores. Ser pobre não é defeito para ninguém, agora ser pobre de espírito é o fim.

Ex-favelados descartam lixo, TV e até sofá em córrego de SP
De Ribeirão Preto – Folha

Durante remoção, moradora da favela do Vila Zanetti joga lixo no córrego Tanquinho, em Ribeirão Preto (SP) - Foto: Marcia Ribeiro/Folhapress

O córrego Tanquinho, que corta duas favelas de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), ficou ainda mais entupido com o lixo e os objetos descartados pelos ex-moradores, removidos neste final de semana para apartamentos do conjunto habitacional Jardim Wilson Toni.

Remoção de favela ocorre sem conflitos em Ribeirão Preto

Na manhã de sábado (30), quando começou a remoção das cerca de 190 famílias das favelas do Brejo e Vila Zanetti, era possível ver peças velhas de roupa, aparelhos de TV e até sofás dentro da água cinza-esverdeada.

Os ex-favelados continuavam a descartar lixo durante a mudança. O secretário da Casa Civil, Layr Luchesi Júnior, disse que o Tanquinho já era poluído, mas que a sujeira aumentou nos dias que antecederam a remoção.

Reportagem completa em:
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/952592-ex-favelados-descartam-lixo-tv-e-ate-sofa-em-corrego-de-sp.shtml

Anúncios

Um comentário em “Para alguns poucos, sair da favela não representa que a favela sairá deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s