Empresas/pessoas inescrupulosas envenenam o córrego Cascavel em Goiânia

Peixes mortos no Cascavel bem antes do problema divulgado hoje, dia 28/10/10

Quem acompanhou hoje uma notícia falando sobre uma mortandade de peixes no córrego Cascavel chocou-se com a imagem deles mortos aos montes se amontoando nas margens do curso d’água. Infelizmente será mais uma notícia que vai ficar talvez se não só hoje, por mais alguns pouquíssimos dias na mente e na conversa das pessoas. Mas por quê?

Primeiramente, o Cascavel é um córrego poluido, não deveria ser, mas os esgotos clandestinos teimam em contaminar suas águas. Segundo, as pessoas associam poluição com ausência de vida, o que é um erro, já que a presença de oxigênio na água e uma boa oferta de matéria orgânica oferece condições ideais para a vida e reprodução de determinadas espécies. Portanto, onde há esgoto, existe preconceito, repulsa, desprezo.

Essa situação tem acontecido em outros pontos isolados do córrego, sempre pelo mesmo motivo, esgoto clandestino tóxico, lançado na calada da noite por alguns dos principais poluidores, seja industrias, curtumes, postos de gasolina, frigorificos entre outros. Esse problema só foi divulgado, dada a dimensão do problema. Um conhecido meu costumava sempre observar peixes no córrego que passa no fundo de sua chácara. Um dia ele foi ao córrego e se deparou com varios peixes mortos, imediatamente ele chamou a Amma que realizou testes na água, os testes infelizmente foram inconclusivos e não houve divulgação do fato. Esse tipo de problema eu também comprovei com meus próprios olhos em um trecho de outro córrego, o Macambira, até fiz uma postagem aqui no blog sobre o problema que é de entristecer. O Cascavel é um dos córregos citados  no livro de Pedro Ludovico sobre Goiânia. O córrego caudaloso, de águas límpidas, cheio de peixes, com mata ciliar conservada e que já foi utilizado até para geração de energia, tornou-se um amontoado de lixo, erosões, esgotos, ou seja, um córrego que perdeu sua função ecológica, um indesejável e dispensável elemento da paisagem urbana, imprestável em quase todo o seu trajeto até o fim  quando acaba no ribeirão Anicuns.

Uma mensagem para o próximo governador de Goiás é a de que é preciso haver seriedade no combate ao esgoto clandestino, é preciso haver punição rigorosa aos infratores, se possível até fechando o empreendimento poluidor,  é preciso também que a população faça a sua parte, denunciando os problemas, cobrando dos orgão ambientais a solução destes problemas e  não fazendo ligações clandestinas na rede pluvial. A natureza agradece.

Anúncios

Um comentário em “Empresas/pessoas inescrupulosas envenenam o córrego Cascavel em Goiânia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s