China quer investir em soja no Brasil, acho que isso não é bom!

Foto: Calil Souza

Chineses vão financiar expansão da soja em Goiás

A empresa estatal chinesa China National Agricultural Corporation, com suporte financeiro do Banco do Desenvolvimento da China, poderá financiar o Programa de Expansão da Cultura da Soja em Goiás, iniciativa que o Governo estadual prepara para apresentar ao Governo chinês durante a viagem em abril àquele País. A afirmação foi feita pelo presidente da companhia, Liu Shenli, durante visita à Fazenda Figueiredo Capão Grande, em Cristalina, no último dia 29.

Conforme Shenli, deve ser criado um grupo de trabalho formado por especialistas da China e de Goiás, visando estabelecer uma parceria técnica para os financiamentos agrícolas. A comitiva de chineses foi acompanhada por representantes da Secretaria Internacional do Agronegócio do Ministério da Agricultura, e recebida pelo prefeito de Cristalina, Luiz Attié, além de outros diretores e produtores rurais do município.

Liu Shenli ficou impressionado com os plantios de soja, milho e café e as potencialidades agrícolas de Cristalina. Ele afirmou que o Brasil alcançou grande desenvolvimento nos últimos anos na produção agrícola, com uso de tecnologia de ponta. “Tenho certeza que Goiás e a China serão grandes parceiros no segmento do agronegócio”, afirmou.

Interesse
Ministro-conselheiro da Embaixada da China no Brasil, Wang Qingyuan colabora na preparação da viagem que uma comitiva de Goiás vai fazer à China em abril. Ele disse que há grande interesse do Governo chinês em comprar produtos de Goiás, além da vontade de se fazer parcerias para investimentos chineses na produção agrícola e na infra-estrutura goianas.

Assessor do Ministério da Agricultura, Benedito Rosa do Espírito Santo lembra que os chineses vão visitar outras regiões produtivas de Goiás. “Vamos mostrar que o Norte de Goiás pode se tornar grande produtor de soja como o Sudoeste e o Sul do Estado. Goiás só precisa de investimentos para a infra-estrutura da região e custear a produção”, afirmou.

Acompanhados pelo embaixador da China no Brasil, Qin Xiaoqi, a comitiva foi recebida no Palácio das Esmeraldas pelo governador Alcides Rodrigues, quando anunciaram a disposição em comprar carne bovina do Brasil. Os chineses foram à Rio Verde conhecer os complexos industriais da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano – Comigo e da Perdigão.

O grupo sobrevoou os municípios de Anápolis, Jaraguá, Goianésia e Uruaçu, para conheceram o traçado da Ferrovia Norte-Sul. No fim, conheceram o Projeto de Irrigação Luís Alves do Araguaia, em São Miguel do Araguaia. O embaixador disse que as importações de carne do Brasil e de Goiás são uma questão técnica que deve ser resolvida rapidamente. Alcides Rodrigues observou que as exportações de carne bovina para a China abrem uma grande oportunidade para o setor pecuário de Goiás.
Mais informações: (62) 3201-7810.

Fonte:Agecom

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s