Projeto Brasil das Águas

Abaixo um projeto super interessante que durante um tempo esteve bastante em alta na mídia. Projeto que merece ser aplaudido de pé.

530
O Projeto BRASIL DAS ÁGUAS:
Pesquisa, tecnologia inédita e cidadania

O Brasil representa a maior reserva de água doce da Terra, com 12% do total mundial. Durante 14 meses, entre outubro de 2003 e dezembro de 2004, o aviador Gérard Moss, junto com a esposa Margi, coletaram 1.160 amostras de água doce de rios e lagos espalhados pelo vasto território brasileiro utilizando um método inédito: um avião anfíbio. Os resultados das análises dessas amostras ajudaram a desenhar um abrangente panorama da qualidade das águas do país para fins de alerta e conscientização.

Gérard que, em 2001, realizou a primeira volta ao mundo de motoplanador (www.asasdovento.com.br), valeu novamente das asas para concluir outro projeto inovador. Preocupado com a degradação dos rios visto de cima, ele idealizou uma forma de coletar amostras de água em vôo rasante a bordo de um avião anfíbio. Após meses de consultas com cientistas e especialistas (veja Pesquisadores), e testes do aparelho, foram acertadas as pesquisas que determinariam a qualidade da água coletada.

Pesquisa e cidadania formam a base do projeto. Apoiado por instituições de ensino, pesquisa e grupos comprometidos com as questões ambientais brasileiras, o avião anfíbio Talha-mar, transformado em laboratório aéreo, vôou 120.000 km – o equivalente a mais de duas voltas em torno da Terra – para coletar amostras em todas as regiões hidrográficas do país. O laboratório interno foi totalmente desenhado e montado pela própria equipe Brasil das Águas, com tecnologia 100% brasileira.

Baseado nos resultados obtidos pelas análises realizados por pesquisadores em várias instituições em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerias (veja Pesquisas), foi possível desenhar um mapa mostrando a saúde das águas doces no momento da coleta e identificar ambientes não contaminados para que possam ser conservados. Utilizando a mesma metodologia em todo o país, a comparação dos resultados ajuda a entender a situação atual dos recursos hídricos e contribuir para um extenso banco de dados sobre um dos maiores bens do nosso povo: a água.

Site do Projeto: http://www.brasildasaguas.com.br

O Projeto BRASIL DAS ÁGUAS:

Pesquisa, tecnologia inédita e cidadania
O Brasil representa a maior reserva de água doce da Terra, com 12% do total mundial. Durante 14 meses, entre outubro de 2003 e dezembro de 2004, o aviador Gérard Moss, junto com a esposa Margi, coletaram 1.160 amostras de água doce de rios e lagos espalhados pelo vasto território brasileiro utilizando um método inédito: um avião anfíbio. Os resultados das análises dessas amostras ajudaram a desenhar um abrangente panorama da qualidade das águas do país para fins de alerta e conscientização.
Gérard que, em 2001, realizou a primeira volta ao mundo de motoplanador (www.asasdovento.com.br), valeu novamente das asas para concluir outro projeto inovador. Preocupado com a degradação dos rios visto de cima, ele idealizou uma forma de coletar amostras de água em vôo rasante a bordo de um avião anfíbio. Após meses de consultas com cientistas e especialistas (veja Pesquisadores), e testes do aparelho, foram acertadas as pesquisas que determinariam a qualidade da água coletada.
Pesquisa e cidadania formam a base do projeto. Apoiado por instituições de ensino, pesquisa e grupos comprometidos com as questões ambientais brasileiras, o avião anfíbio Talha-mar, transformado em laboratório aéreo, vôou 120.000 km – o equivalente a mais de duas voltas em torno da Terra – para coletar amostras em todas as regiões hidrográficas do país. O laboratório interno foi totalmente desenhado e montado pela própria equipe Brasil das Águas, com tecnologia 100% brasileira.
Baseado nos resultados obtidos pelas análises realizados por pesquisadores em várias instituições em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerias (veja Pesquisas), foi possível desenhar um mapa mostrando a saúde das águas doces no momento da coleta e identificar ambientes não contaminados para que possam ser conservados. Utilizando a mesma metodologia em todo o país, a comparação dos resultados ajuda a entender a situação atual dos recursos hídricos e contribuir para um extenso banco de dados sobre um dos maiores bens do nosso povo: a água.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s