Um pouco de História – O Homem e o Rio

Abaixo uma pequena linha do tempo sobre alguns fatos marcantes no Rio Meia Ponte.

1732 – No ano de 1732, ao cruzar o rio, no local onde se acha hoje, a Usina do Rochedo, Bartolomeu Bueno ( O Anhanguera ) utilizou duas toras de madeira como ponte. Ao voltar, só encontrou uma; a outra, tinha sido levada pela enchente – chamou o rio de Meia Ponte, nome que o identifica até hoje.

1783 – No ano de 1783, o Dr. Aguiar Whitaker, juiz de direito, explorou o rio Meia Ponte, que na ocasião, pela seca extrema, não dava boa navegação, mas que no tempo das cheias “pi-esta-se perfeitamente ao movimento do vapores. ” ( modificado pata facilitar a leitura )

1933 – Nascimento da cidade de Goiânia. Um dos principais motivos da escolha da nova capital foi sua hidrografia que tinha como protagonista o Rio Meia Ponte.

1936 – Em virtude da demanda cescente por energia elétrica, foi construída a Usina do Jaó, no Rio Meia Ponte, próximo ao local onde fica hoje o Clube Jaó.A implantação da usina do Jaó foi imprescindível para o Batismo Cultural de Goiânia, que ocorreu entre o final de junho e o início de julho de 1942.

1945 – No dia 3 de abril de 1945, um grande acidente causado pelas chuvas e ventos danificou os equipamentos da usina do Jaó e comprometeu seriamente o funcionamento da mesma. Goiânia voltou novamente a um longo período escuro tanto no que diz respeito à falta de energia quanto na economia, que enfrentava uma situação delicada e decadente. Foram utilizadas alternativas, como geradores particulares de pequena ou grande potência. Muitos vendiam energia para os vizinhos, outros aproveitavam o apagão para atrair clientes à noite, com bares ou lojas iluminadas. Até o motor de um submarino da 2ª Guerra Mundial foi utilizado no Córrego Botafogo, para gerar energia para a iluminação da cidade.

1947 – Reconstrução da Usina do Jaó.

1955 – A usina do Rochedo, no Rio Meia Ponte, entrou em operação no dia 26 de julho de 1955 com capacidade de geração de 4 MW.

1959 – Entrou em operação uma 4ª etapa da Usina do Jaó.

1962 – Fundação do Clube Jaó em 5 de agosto de 1962 por Ubirajara Berocan Leite. Teve origem em um bosque, o Babaçu, cortado pelo Córrego Jaó. Inicialmente, era banhado pelas águas de uma represa, formada pelo Rio Meia Ponte, que abastecia a Usina Jaó.

1970 – Com o crescimento de Goiânia, a represa do Rio Meia Ponte foi ficando poluída, logo represa e usina foram desativadas.

1988 – Inauguração da Estação de Tratamento de Água no Rio Meia Ponte, ETA Eng. Rodolfo José da Costa e Silva.

2003 – Descobertas 4 novas nascentes no municipio de Taquaral de Goiás que a principio não fazia parte da Bacia do Rio Meia Ponte.

2004 – Inauguração da Estação de Tratamento de Esgotos de Goiânia. Obra grandiosa que inicialmente prometia tratar 80% dos esgotos da capital.

2006 – Aumento da capacidade energetica da Usina de Rochedo.

É claro que poderia ter muito mais informação ai, essa foi a que encontrei. Caso alguém tenha mais material, entre em contato, todos ficaremos gratos.

Fontes: Saneago, Celg, Jornal Tribuna do Planalto.

Anúncios

Um comentário em “Um pouco de História – O Homem e o Rio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s