Início > Notícias, Vídeos > Fossas Sépticas Econômicas- Uma ótima idéia

Fossas Sépticas Econômicas- Uma ótima idéia

outubro 6, 2009

Atualização 2012: O leitor Danilo Tostes me enviou um vídeo de superior resolução e com uma explicação bem mais clara sobre a implementação desse tipo de fossa, para acessar o post clique no link ao lado: Projeto de Fossa séptica econômica com melhores explicações

De qualquer forma não deixem de acompanhar os comentários antigos aqui nessa sessão, eles contém muita dica útil que pode ajuda-lo na implementação do projeto.

—————————————— || ———————————————-

Uma ótima idéia para a sua comunidade.
Abaixo uma videoaula muito interessante sobre o processo de montagem de uma fossa séptica econômica, disponibilizado pela prefeitura de Pindamonhongaba – SP.  Além de ter um custo reduzido, esse tipo de tratamento de esgoto ainda contribui para a preservação dos mananciais de sua região.
Mais informações no blog do Instituto Rios do Brasil (ISOSRiosBr)

Posts Relacionados

 

 

 

About these ads
  1. Inês Saraiva
    janeiro 19, 2010 às 12:34 pm

    Moro em Natal RN, próximo à praia. Na época chuvosa tenho problemas com a fossa, que transborda,gostaria de saber se a fossa econômica é apropriada também para esse tipo de terreno.
    Obrigada
    Inês

    • janeiro 19, 2010 às 5:55 pm

      Sim Inês, a fossa econômica pode ser aplicada a esse tipo de terreno pelo fato dela ser impermeável, ou seja, não tem contato com o solo. Apenas a parte já tratada que pode ser conduzida a um sumidouro ou mesmo um local para a água penetrar no solo. Quanto ao transbordo da fossa, provavelmente vai um grande volume de água para ela em dias chuvosos, você deve evitar que a água da chuva se misture ao esgoto que vai para a fossa.

      • Inês Saraiva
        janeiro 26, 2010 às 6:29 pm

        Boa Tarde Ernesto
        Obrigada pela sua atenção. Na realidade o que ocorre aqui na época da chuva é que o terreno alaga e cobre a fossa. O que vai para a fossa é somente chuveiro e vaso, mas nas chuvas ela fica praticamente encoberta.Tenho duvidas se a agua da chuva não entrará pelo cano de infiltração voltando para a fossa.
        Grata
        Inês

      • janeiro 30, 2010 às 9:24 am

        Bom dia Inês. Acredito que pelo modo de construção da fossa, mesmo que a água conseguisse entrar por dentro do cano de saída, que é um pouco inclinado em relação ao terreno, dificultando a entrada externa, ela somente ocuparia a última câmara, num conjunto de 3 fossas. Claro que esse tempo dependeria da quantidade de dias que o terreno fica alagado, se for muito, todas as camaras ficariam saturadas de qualquer forma.

      • Inês Saraiva
        fevereiro 4, 2010 às 3:57 pm

        Olá Ernesto, farei a fossa, acredito que seja mesmo a melhor forma. Muito obrigada pela sua atenção.
        Inês

  2. Thiago Rezende
    março 16, 2010 às 9:56 am

    Saudações

    Moro em uma casa onde o Terreno é impermeavel e proximo a uma encosta onde o volume de agua por baixo das casa é muito grande. O sistema de fossa foi implementado com as 3 caixas como no video porém sem o cano. Como o terreno é muito impermeavel é possivel utilizar o cano de infiltração ? A agua da fossa acaba minando na rua em frente pois ainda não é asfaltada.

    • março 16, 2010 às 6:32 pm

      Olá Thiago,

      Qual o tipo de solo do seu terreno? É mais pedregoso? Para resolver essa questão tente cavar o buraco até chegar até um ponto onde você sinta que o solo está mais permeável ou você pode cavar um buraco mais profundo e depois jogar a terra de volta, para afofá-la , com apenas uma parte do buraco para o cano de infiltração, não sei como é o seu solo, mas seria o caso de fazer isso.

  3. sandra dos reis pereira anjos
    abril 8, 2010 às 9:44 am

    achei simplesmente demais, uma forma barata, rápida e eficiente dar destino ao esgoto, parabéns por essa idéia.

  4. Dirceu Venâncio dos Santos Júnior
    abril 9, 2010 às 4:23 pm

    Caro Ernesto, parabéns pelo trabalho aqui apresentado. A fossa demonstrada neste Guia é projetada para quantos moradores.???
    Depois de quanto tempo é necessário a limpeza das fossas.???
    Tenho uma residencia onde o lençol freatico é inferior a 2,5 metros, e de acordo com a orientação não é recomendavel a utilização de sumidoro. Diante desta situação e de acordo com o número de pessoas, quantas valas devo construir.???
    Aguardo orientações e desde já MUITO OBRIGADO.

    • abril 10, 2010 às 12:58 am

      Olá Dirceu, obrigado pelo elogio.
      A fossa apresentada independe da quantidade de moradores, depende apenas da demanda de uso, ou seja, quanto mais utilizada, mais rapidamente esta deverá ser limpa. Garanto que o tempo para limpeza é demorado, visto que a parte líquida que é a maior parcela irá sair pelo cano para infiltração, ao contrário das fossas sépticas convencionais onde a parte líquida e sólida competem pelo espaço e fatalmente esta atinge sua quota num tempo curto, além de prejudicar o lençol freático. O que você pode fazer também é acrescentar mais uma câmara e continuar usando o cano com furos para infiltração na terra da parte líquida tratada. A limpeza da fossa será em etapas e a primeira câmara será a primeira que deverá ser limpa. Até o processo de limpeza no caso é mais simples e barato. Espero ter ajudado!

      • Dirceu Venâncio dos Santos Júnior
        abril 22, 2010 às 4:56 pm

        Prezado Ernesto muito obrigado pelas explicações, já comprei os materiais e estou planejando a execução da fossa no meu sítio. Tenho uma última dúvida….qual o comprimento do cano de infiltração..??? É necessário um desnível entre as camaras..??? É necessário desnível para o cano de infiltração..???
        O vídeo é bem claro, porém eu poderia conseguir algum material além do referido vídeo..???
        Peço desculpas pelos detalhes, é que quero fazer a execução de forma correta. MAIS UMA VEZ AGRADEÇO PELA SUA INICIATIVA E ORIENTAÇÕES.

      • abril 23, 2010 às 12:58 pm

        Olá Dirceu, eu que agradeço pela visita ao blog. É necessário haver um pequeno disnível entre as camaras e para o cano de infiltração. Uma vara de cano tem o comprimento de 6 metros, como no vídeo são utilizadas duas, então o comprimento é de 12 metros. Para maiores detalhes, manuais escritos sobre o vídeo, você pode entrar em contato diretamente com a prefeitura de Pindamonhangaba que lhe fornecerá mais informações. Obrigado mais uma vez!

  5. CAETANO MASARIN JÚNIOR
    abril 17, 2010 às 10:04 am

    Sr Ernesto, estou realizando um loteamento em Nova Venécia ES, com aproximadamente 100 lotes, quero implementar fossas septicas no projeto, teria alguns exemplos já implantados em loteamentos e sua aprovação perante orgãos, ex IEMA.

    • abril 19, 2010 às 10:23 pm

      Boa noite Sr. Caetano. Peço que entre em contato diretamente com a prefeitura de Pindamonhangaba – SP, que é pioneira na implantação da fossa econômica e já possui exemplos da implantação da mesma, procure falar inclusive com o prof. José Antônio Canela que pode lhe dar melhores dicas. Obrigado pela visita!

  6. abril 22, 2010 às 4:43 pm

    Parabéns! Eu trabalho no marketing da Fortaleza e fiquei impressionado com o trabalho. Não é a toa que tantas pessoas comentaram o post… O vídeo ficou super explicativo.
    Não comentar este artigo seria impoerdoável.
    Parabéns e até a próxima!

  7. Thomaz Metzler
    abril 27, 2010 às 3:42 pm

    Pergunto aonde seria possível comprar uma fossa séptica pronta, eventualmente de fibra, ou não.
    Estou instalando um WC para uso do jardineiro, um a dois dias por semana, portanto, de uso limitado. Estou na região de Botucatu, S.P. e aqui temos sólo arenoso. Obrigado Thomaz

    • abril 29, 2010 às 11:29 am

      Olá Thomaz, infelizmente não conheço lugares que entregam a fossa pronta. Obrigado pela visita ao blog

  8. Jaqueline
    maio 6, 2010 às 2:22 pm

    Olá Ernesto, venho como todos parabenizar pelo vídeo, muito didático e explicativo!
    Moro em um terrno arenoso, e portanto, muito pemeável; por ser um terreno inclinado, e com residência na parte mais baixa, minha dúvida é: implantando a fossa, a distância maior que posso deixá-la do terreno do vizinho abaixo é de 9 metros, será suficiente para a infiltração no terreno de maneira satisfatória, sem causar problemas de umidade e infiltração na residência do vizinho? O ideal seria o sumidouro ou a vala? (o lençol fica a mais de 2,5 metros de profundidade)
    Obrigada desde já!

    • maio 8, 2010 às 1:01 am

      Olá Jaqueline, como você disse, o terreno é altamente permeável, portanto será muito dificil causar qualquer tipo de problema a seu vizinho em termos de umidade ou infiltração, a não ser que a fossa seja bastante exigida diariamente, o que não deve ser o seu caso. Caso seu vizinho não possua cisterna nas proximidades de onde você queira instalar a fossa, não há problema em colocar o sumidouro já que você disse que o lençol freático está a mais de 2,5 m de profundidade, mas de qualquer forma a instalação da vala não está descartada. Uma dica em ambas as situações é plantar algumas mudas de bananeira ou outra planta que consome bastante água, essa dica é interessante para manter o nível de umidade do terreno em niveis aceitaveis, caso você note que ele esteja ficando encharcado.

  9. maio 17, 2010 às 5:34 pm

    Ernerto, gostaria de ter acesso ao video e mais informações sobre a fossa septica economica, pois tenho um sitio em uma região em que não tem rede de esgoto, e gostaria de adotar o sistema por ser economicamente e ecologicamente viavel. mto obrigado e conto com sua ajuda.

    • maio 19, 2010 às 8:18 pm

      Adão,

      O sistema é bem interessante, ele foi desenvolvido pela prefeitura de Pindamonhangaba-SP e acredito haver novos vídeos devido ao sucesso da fossa. Vou tentar conseguir mais material para postar aqui no blog e assim tirar as dúvidas de mais pessoas. A fossa é ecologicamente correta, ocupa pouco espaço podendo ser usada até próximo a rios ou córregos. Por enquanto vou ficar lhe devendo esse material, mas vou agilizar. Obrigado pela visita ao blog! Grande abraço.

  10. Alex
    junho 21, 2010 às 9:17 pm

    Olá, tudo bem ? Parabéns pela iniciativa, ajudei na instalação de algumas fossas na minha região, utilizamos o modelo desenvolvido pela EMBRAPA, é um processo parecido com o desenvolvido ai. Fiquei com uma duvida em seu trabalho, como funciona a tampa de inspeção, ela é feita de que ? tem um suspiro nela ?
    Agradeço seu contato.
    Obrigado e parabéns

    • junho 22, 2010 às 3:50 pm

      Olá Alex, estou bem e você? Obrigado pela visita ao blog e pelos elogios. A caixa de inspeção é feita de alvenaria, a tampa pode ser de madeira ou concreto, desde que garanta resistência e dificulte a entrada de animais peçonhentos. Não é necessário suspiro, os gases saem pelo sumidouro ou pelo cano de infiltração. Abraço!

  11. Eloy Monteiro
    agosto 5, 2010 às 8:49 am

    Excelente idéia, parabéns.
    Estava quase contratando uma empresa que me cobraria R$ 3.000,00 por uma fossa séptica comum.
    Agora vou fazer eu mesmo.
    Obrigado a todos.

    Eloy Monteiro

  12. viviane fonseca
    agosto 18, 2010 às 3:54 pm

    boa tarde Ernesto ,tenho uma dúvida sobre esse sistema de fossa .Ela pode ser contruida em regiões de lencÕES subterraneos e veias de aguas ,ou seja a pressão da água não influência na posição dos tambores? e para uma casa com mais ou menos 10 pessoas qual deverá ser o tamanho dos tambores? a fossa pode ser feita com os aneis de concerto?
    desde já agradeço

    viviane

    • agosto 22, 2010 às 3:13 pm

      Boa tarde Viviane,

      A fossa utiliza tambores plásticos, a partir do momento que você passa a utilizar anéis de concreto, já não podemos dizer que ela é econômica devido ao custo dos anéis, e a mão de obra que deve ser utilizada para a construção de uma fossa como essa. Para uma quantidade de pessoas que você citou, tente acrescentar mais um estágio, ou seja, mais um tambor. O que enche rapidamente uma fossa é a parte líquida, e não a sólida, como a parte sólida vai ficando nos tambores, somente a parte líquida sairá pelo cano diretamente para o solo. de acordo com a demonstração, ou para o sumidouro, desde que o lençol freático esteja num profundidade de ao menos 2,5 m. A pressão da água não influencia na posição do tambores. O que devemos saber é que os canos que interligam os tambores ficam levemente inclinados em relação ao solo, para a água fluir de um tambor ao outro por gravidade.

      Ernesto

  13. William
    setembro 1, 2010 às 9:53 pm

    Sistema SUBDIMENSIONADO!
    Não atende a NBR 7229!!!

    • setembro 4, 2010 às 10:53 am

      Vou verificar a informação. De qualquer maneira a fossa tem sido um grande sucesso nos locais onde é instalada, cumprindo com o seu papel de tratamento dos resíduos. Obrigado

    • Johan
      outubro 22, 2011 às 4:18 am

      Um sistema só é considerado subdimensionado e fora da norma se houver informações exatas de quantidades de pessoas a serem atendidas, coeficiente de infiltração do solo etc… O que não podemos afirmar neste caso.

      • outubro 22, 2011 às 9:01 am

        Obrigado pela visita ao blog e também pela informação! Abraço.

  14. setembro 20, 2010 às 9:16 pm

    ola !sou de joinville,sc muito boa essa ideia ela esta em comformidade para todo o
    brasil?posso fazer uma dessas aqui? qual seria o tenpo de enchimento de residuos solidos ?muito obrigado.

  15. mayana
    outubro 20, 2010 às 10:47 pm

    Olá, muito interessante o blog esta de parabéns. Gostaria de tirar algumas duvida do sistema, estou refazendo o sistema de fossa no litoral a residencia esta na quadra do mar e nao existe sistema de coleta de esgoto pela prefeitura e normalmente tem problema de alagar quando chove. Posso executar este sistema, é necessario fazer fossa + filtro + sumidoro? A principio como meus vizinho irei canalizar a agua “limpa” para a rua e quando a prefeitura passar o sistema de captação terei que mudar a minha fossa? Obrigado

    • outubro 21, 2010 às 11:56 am

      Olá Mayana, obrigado pelo elogio! A respeito da sua pergunta, o sistema é feito com 3 tambores plásticos interligados por canos, não é necessário filtro. Como no vídeo, se não for possível fazer sumidouro, deve-se fazer furos no cano após o terceiro compartimento e colocar uma camada de cascalho ou brita, colocando o cano por cima e depois enterrando. No solo nu que ficou após enterrar o cano, plante grama ou coloque brita ou cascalho na camada de terra. Não canalize a água da fossa para a rua, faça desse modo que eu te expliquei que você não terá problema. O vídeo é bem explicativo, consulte-o sempre que surgirem dúvidas ou pode perguntar por aqui também. Grande Abraço e obrigado pela visita!

  16. novembro 1, 2010 às 5:28 pm

    SAUDAÇÕES A TODOS. SOU DO ESTADO DO ESP.SAMTO, CIDADE GUAÇUI.AQUI AINDA TEMOS RUAS SEM CAPTAÇAO DE ESGOTO.ESTOU PROCURANDO O MEIO MAIS BARATO E PRATICO PARA UMA FOSSA SPTICA, E FIQUEI MARAVILHADO COM A IDEIA DE VOCES.QUE ACHEI O CAMINHO.
    TODAVIA, PRECISO MAIS INFORMAÇOES: 1. TEMOS 10 USUARIOS DE AGUA E ESGOTO, CONTANDO COM DUAS COZINHAS E 4 VASOS SANITARIOS, QAUNTOS TAMOBRES DEVO USAR PARAESTAR BEM SERVIDO- 2. AQUI PORCAUSA DO ESPAÇO PRECISAREI DE IMPLANTAR O SUMIDOURO, QUANTOS TABORES USO PARA TANTO,3.TENHO EXIGENCIA DO IEMA PARA CONSTRUIR ESTA FOSSA( ISNT.EST.DE MEIO AMBIENTE). OBRIGADO PELA ATENÇAO.E PARABENS. MANOEL.

    • novembro 6, 2010 às 10:45 pm

      Olá Manoel,

      Dê uma olhada na norma NBR 7229/1993 e também nesse arquivo pdf disponível no link: http://www.meiaponte.org/pdf/dimensionamento_fossas.pdf. Provavelmente você encontrará no arquivo algumas dicas valiosas sobre o dimensionamento da fossa. De qualquer forma você terá a geração de muitos resíduos, devido a quantidade de usuários. Você pode então utilizar tambores maiores ou simplesmente adicionar mais estágios à fossa. O sumidouro não utilizará tambores, seu método de construção é da maneira convencional mesmo, ele serve apenas, como o próprio nome diz, para dar sumiço a parte líquida praticamente livre da parte sólida contaminada, tratada por organismos anaeróbios na fossa. Se o lençol freático é muito superficial, utilize a vala de infiltração. Obrigado pelos elogios e pela visita! Abs.

  17. Jean de Almeida
    novembro 5, 2010 às 4:24 pm

    Olá…
    Moro numa praia, e acabei de ficar sabendo que minha fossa esta em cima de um Lençol Freatico, por consequencia esta sempre cheia com agua de baixo.
    O que posso fazer para que evite de entrar essa agua de baixo e ao mesmo tempo sai agua do sumidoro para fóra ?
    Desde já agradeço pela atenção.
    Att
    Jean

    • novembro 6, 2010 às 10:25 pm

      Olá Jean,

      Você deve impermeabilizar sua fossa, evitando assim que a água do lençol freático, que pelo visto é bem superficial, se misture aos resíduos tornando sua água contaminada e consequentemente imprestável para uso. Você pode utilizar o método de construção da fossa econômica apresentada no vídeo cujos tambores impedem o contato com o solo, e no final usar o cano com os furos e as pedras embaixo para terrenos cujo lençol não é profundo, ou utilizar o modelo de construção da fossa apresentado pela norma NBR 7229/1993 e o cano com furo na saída. Obrigado pela sua visita!

  18. Jean de Almeida
    novembro 8, 2010 às 4:51 pm

    Olá Ernesto…
    Desde já agradeço pela atenção…
    Como eu posso impermealizar a minha fossa já existente ?
    No caso estou pensando em impermealizar a Fossa e o filtro, e o sumidorou vou aterrar ele pois tem 1,30 de fundura, vou deixar com apenas 0,50cm assim o lençol nao alcança ele e coloco varios canos conforme seu video furado para a agua penetrar no solo.
    Att
    Jean de Almeida

  19. Charles
    dezembro 1, 2010 às 7:51 am

    De quanto e quanto tempo se deve far a limpeza de um sumidoro de 3 metros de altura e 2 metros de largura, preciso saber dessa resposta porque eu vou construir um e quero ficar por dentro do assunto. Desde já lhe agradeço.

    • dezembro 1, 2010 às 10:20 pm

      Olá Charles, obrigado por visitar o blog. Em relação a sua pergunta, conheço pessoas que estão há mais de 20 anos sem fazer limpeza no sumidouro. ou seja, a parte que necessita de limpeza, na maioria dos casos, se concentra na fossa, pois é lá que é gerado o lodo, que transborda-la. No sumidouro vai apenas a parte liquida, não necessitando, teoricamente, de limpezas.

  20. silvia andrade
    dezembro 4, 2010 às 7:22 am

    Bom dia . Estou com problemas na minha fossa que enche todo ano. A regiao da fossafica a 500 m do rio cotia e o terreno da casa é um aterro, por isso sempre cheio de água. como resolver definitivamente este problema? obrigada

    • janeiro 4, 2011 às 9:41 am

      Bom dia Silvia,

      Se sua fossa não for impermeabilizada, realmente ela irá transbordar por conta do terreno. O interessante nesse projeto da fossa econômica é que ela utiliza tambores plásticos para armazenar o efluente. Recomendo utilizar uma fossa desse modelo do video ou uma de acordo com a norma NBR 7229/1993 cujo link do passo a passo coloco abaixo:

      http://www.meiaponte.org/pdf/dimensionamento_fossas.pdf

      Abraços

      Ernesto Augustus

  21. João Félix
    janeiro 5, 2011 às 9:13 pm

    Olá Ernesto,

    Muito legal a idéia da fossa eonômica. Estou pensando em fazer uma com tonel de 240l que já vem com tampa, acho que é do tipo que usam para transpotar azeitona, com isso elimino as caixas de inspeção de alvenaria. Isso está correto? No lugar da vala de infiltração, posso fazer um sumidouro de tonel, fazendo vários furos nele e colocando brita ou cascalho (3cm) no fundo e nas laterais do buraco onde irei colocar o tonel furado? Dependo da sua opinião para dar início ao projeto.

    Abraços,

    Pedro.

    • janeiro 7, 2011 às 8:34 am

      Nem sempre esta correto. A fossa econômica, apesar de simples, está de acordo com a norma NBR 7229/1993. No seu caso é necessário saber se o tonel de 240l vai criar as condições necessárias para que as bactérias anaeróbias se reproduzam e consigam fazer o trabalho de digestão da matéria orgânica no interior da fossa, pois após a entrada do efluente(esgoto), existe um tempo de permanência e digestão no ambiente, e a saída para o sumidouro após esse tempo. Deve ser analisado também a quantidade de pessoas que vão utilizar a fossa. Abaixo posto o link para o arquivo da norma.

      http://www.meiaponte.org/pdf/dimensionamento_fossas.pdf

      Abraços

      Ernesto Augustus

      • João Félix
        janeiro 8, 2011 às 1:23 am

        Caro Ernesto,

        Acho que não fui muito claro na minha pergunta. Acho que vc entendeu que eu pretendo usar apenas um tonel. Na verdade usarei o mesmo sistema discutido aqui, só que no lugar de 3 toneis de 200ml, usarei 3 toneis de 240l, os quais já possuem tampas grandes e com roscas. Quanto ao sumidouro, pretendo fazê-lo usando um tonel de 200L com diversos pequenos furos, um pouco maior que meia polegada, e colocá-lo num buraco forrado de brita no fundo, e após colocar o tonel no buraco, pretendo usar pedra brita na parede do buraco para não entrar terra no tonel furado e ainda filtrar um pouco a água antes dela infiltrar na terra, pretendo ainda utilizar um cano de 6m de 100mm, pelo qual passará água do último tonel da fossa até o tonel que usarei como sumidouro. Isso é correto?

      • janeiro 10, 2011 às 2:47 pm

        Olá João,

        Da forma como está planejando está ótimo. Eu realmente entendi erroneamente sua colocação, pode fazer dessa forma sim, eliminando assim as caixas de inspeção de alvenaria. Tendo mais alguma dúvida não hesite em entrar em contato.

        Até!

  22. Graciele Rodrigues
    janeiro 6, 2011 às 5:28 pm

    Olá!é minha primeira casa que vou construir e descobri um sumidouro no terreno bem onde ficaria o meu banheiro, como percebi que a explicaçao é de uma forma clara e objetiva resolvi te pedir algumas informações.Poderia me dizer se posso construir mesmo assim em cima desse sumidouro e fazer outro um pouco mais distante do meu futuro banheiro. Desde já agradeço a atenção!!

    • janeiro 7, 2011 às 8:27 am

      Olá Graciele, pode sim, desde que você verifique a dimensão do mesmo e realize um bom trabalho de aterramento no local do sumidouro atual.

  23. Graciele Rodrigues
    janeiro 11, 2011 às 7:28 am

    Obridada!!!e vc sabe me dizer qual a distância que um sumidouro deve ter da casa?

    • janeiro 13, 2011 às 11:30 pm

      Olá Graciele,

      Uma boa distância é em torno de 4 metros, o que evita tubulações muito longas.

      Até mais!

  24. Oscar Blank
    janeiro 22, 2011 às 10:46 am

    Oscar Blank :
    Olá Ernesto gostei muito do video e vejo que o Srº entende do assunto. Gostaria de entender um problema que enfrento com uma fossa asséptica na escola em que trabalho como oficial de manutenção. O volume de agua é alto e de um ano para ca ela não vence a demanda da escola, transborda quase que todos os dias. O nivel do terreno onde esta construida a fossa é o mais baixo da escola o desnivel entre o banheiro e a fossa é pouco, quando esta cheia quase sempre entope os vasos. Se eu usar um caminhão para esgotar o sumidouro no outro dia já esta cheia novamente. Pergunta se eu construir outro sumidouro a ums vinte metros de distância do atual resolverei o problema ou pode ser o lençol freatico a poucos métros? se for o lençol que medidas devo tomar? E por ultimo como faço para medir a profundidade do lençol freático? Antecipadamente agradeço a qualquer ajuda!

    • janeiro 23, 2011 às 7:57 am

      Olá Oscar,

      Na escola existem dois compartimentos para a fossa séptica? Um para a fossa, que é impermeabilizado e outro para o sumidouro? Isso é muito importante pois o sumidouro recebe apenas a parte líquida do efluente tratado, pelo fato do cano que transborda para o sumidouro ficar bem no alto, e a fossa fica com a parte sólida, que é a menor, bem menor. Claro que com o tempo a fossa irá necessitar de manutenção, pois haverá formação de um lodo mineralizado em seu fundo, mas a frequencia não vai ser tão grande quanto está sendo. Você pode criar dois sumidouros além da fossa, ou então um sumidouro e uma vala de infiltração, que pode ser feita de acordo com o vídeo mesmo, com um cano de aproximadamente 6 metros, com vários furos, enterrado com uma camada de brita abaixo dele. Você pode plantar algumas bananeiras também próximas a vala de infiltração, pois elas necessitam de muita água e portanto vão tirar o excesso de líquido do terreno. Espero ter ajudado Oscar. Um abraço!

  25. Oscar Blank
    janeiro 23, 2011 às 9:27 pm

    Ernesto muito obrigado pela sua pronta atenção, vou encaminhar sua sugestão à direção da escola,pois as aulas começam no início de fevereiro e precisamos de uma solução Grato em nome da escola Zilda da Frota uchoa Vilhena Ro.

  26. MARIA MARLENE NETTO
    janeiro 24, 2011 às 2:53 pm

    ernesto gostaria de entender o seguinte o nivel os tres tambores estão em nivel, ou em desnivel? como eu faço o tratamento ? e tambem maiores informações pois sou engª. agronoma e trabalho na prefeitura municipal de VITORINO PR. e gostaria de fazer este trabalho pra agricultores e vendo o video fiquei com varia duvidas entre elas essas acima como faço para entrar em contato com o sr.?

    • janeiro 26, 2011 às 10:50 pm

      Olá Eng. Maria, Os tambores estão em desnível, o tratamento acontece naturalmente pelas bactérias que estão presentes na matéria orgânica que vai para as câmaras. Mande suas outras dúvidas para ernestorenovato@gmail.com. Abraços

      Ernesto Augustus

  27. Carlos Alberto de Oliveira
    janeiro 29, 2011 às 9:20 am

    Sou do município de Santa Rita de Minas e tenho um projeto de limpeza das nascentes dentro do município, mas o maior problema é encontrar um projeto economicamente viável, no projeto de vocês é muito simples e fácil de executar. Se possível encaminhe este projeto para que possamos conscientizar ainda mais as pessoas do município.

  28. Raquel
    fevereiro 18, 2011 às 9:30 pm

    Ernesto,
    todo ano tenho problema com a fossa da minha casa, como o lençol freatico é muito superficial, a fossa enche com a agua que vem por baixo. e dar retorno no ralo do banheiro . Chamo o caminhão limpa fossa , mas rapidamente a fossa enche novamente.
    O que posso fazer?
    Agradeço desde já
    Raquel

    • fevereiro 20, 2011 às 5:20 pm

      Olá Raquel, obrigado pela visita. Para resolver o problema da fossa, é necessário impermeabiliza-la, ou seja, evitar que o lençol freatico entre diretamente em contato com sua fossa. Além de evitar transbordamentos, também evita a contaminação do lençol. No caso, para se ver livre do efluente tratado (parte liquida), utilize uma vala de infiltração, como mostrado no vídeo, e plante algumas bananeiras ou outro tipo de planta que precise de muita água para seu crescimento. Você pode construir uma fossa como a do video, que é econômica, ou um modelo como no link abaixo:


      http://www.meiaponte.org/pdf/dimensionamento_fossas.pdf

      Abraços

      Ernesto Augustus

  29. Raquel
    fevereiro 22, 2011 às 10:42 am

    Ernesto,
    muito obrigada pelas valiosas informações.
    Parabéns pelo blog,
    Abraços
    Raquel

  30. Ebenezer
    março 6, 2011 às 11:16 am

    Assisti na tv sobre a fossa feita com 3 tambores e achei muito interessante. Como essa solução construtiva pode ser muito útil e de baixo custo então gostaria de receber mais informações e detalhes construtivos. Sou engenheiro civil e trabalho para uma comunidade indígenas potyguaras no município de Marcação estado da Paraíba.
    Pretendemos aplicar essa solução para diminuir o nível de contaminação do lençol freático já que a comunidade se utiliza da água de poço artesiano

    • março 16, 2011 às 7:22 pm

      Olá Ebenezer, quais detalhes e informações que você precisava? Estou pensando em escrever um material escrito para colocar junto com o vídeo mas acho que me falta tempo para parar e escrever.

  31. Marcos
    março 18, 2011 às 12:58 pm

    Bom dia… Em primeiro lugar quero parabenizar pelo site e pelas dúvidas tiradas para todos… Moro em uma região com solo arenoso e de fácil infiltração de água de chuva e pluviais em Aracaju SE onde nosso lençol freático estar com uma profundidade de 24 metros, tenho uma fossa com 4 manilhas de 1,00 de diâmetros e 0,50 de altura cada (2 m de profundidade)com fundo aberto e um sumidor nas mesma características usando tudo de 100mm. Lembrando que ela só recebe água dos vasos sanitários e da pia de cozinha isso depois de passar pela caixa de gordura, a caixa de gordura é da Tigre onde faço a retirada da gordura semanalmente. A questão é que a fossa passou desde que construída 06 anos para eu poder esgotar, depois de esgotá-la usando caminhão adequado de limpa fossas, agora estou esgotando em 15 em 15 dias, o que houve? Não tivemos nenhuma mudança de aumento de pessoas ou algo parecido, será que tenho que fazer outra fossa maior destruindo a primeira? Ou existe algum produto no mercado que aumente esse prazo de esgotamento? Algo tipo para limpeza pesada tipo acido ou carbureto ou algo parecido, sem afetar o lençol.
    Aguado sua resposta com muita ansiedade.
    Abraço!

    • março 22, 2011 às 1:16 pm

      Boa tarde Marcos, obrigado pela visita ao site e agradeço aos elogios : ). Sobre suas dúvidas, o lençol freático é bem profundo. Sua fossa não é rasa, pelas suas descrições. Tenho uma pista sobre o que está fazendo sua fossa transbordar a cada 15 dias, primeiro; Você trabalha só com a fossa ou você possui sumidouro tb? Porque o natural da fossa, segundo normas, é que ela seja impermeabilizada e não possua nenhum contato com o solo, quem vai ter esse contato é o sumidouro ou a vala de infiltração. A pista que tenho é que o solo que antes facilitava a infiltração do residuo no solo, deixou de ser permeável, e sua fossa tem transbordado devido a parte liquida, e não a parte sólida. O melhor seria construir um segundo compartimento, para o sumidouro, onde este sim teria o contato com o solo que permitira a inflitração, a fossa deve ficar apenas com o residuo e o lodo, a parte liquida deve transbordar para o outro compartimento. Recomendo até q este seja mais produndo, para comportar um volume maior de liquidos.

  32. reginaldo barbosa gonçalves
    março 21, 2011 às 10:53 pm

    olá ernesto, assistir ao vídeo e decidir construir uma fossa de alvenaria. gostaria de saber qual a melhor maneira de impermeabiliza-lá? Seria uma impermeabilização interna e externa? Gostaria de saber também se faz diferença se eu construir os reservatórios de 2m de profundidade por 1m de largura, ou 1m de profundidade por 2m de largura? Obrigado pela atenção.

    • março 24, 2011 às 1:31 pm

      Olá Reginaldo, obrigado pela visita! A fossa de alvenaria pode ser impermeabilizada internamente com cimento, como se você estivesse rebocando uma parede. Caso você desejar, vc pode passar tb um produto impermeabilizante nas paredes e no fundo, mas é só se vc quiser, nem a norma exige o uso de impermeabilizante. Em relação as medidas, existe diferença sim, quanto maior o volume de efluente que vai para a fossa, mais profunda ela deve ser. Dê uma olhada nesse arquivo, que consta a norma: http://www.meiaponte.org/pdf/dimensionamento_fossas.pdf, ele é bem interessante é pode lhe orientar bem em relação ao dimensionamento dela. Espero ter lhe ajudado! Ernesto Augustus

  33. Lucimar
    abril 1, 2011 às 10:18 am

    Existe em nosso terreno em volta de nossa casa 2 fossas construidas, uma já foi desativada e querem construir + uma em volta da casa a cerca de 2/3 metros a frente da outra e em frente a janela de nossa casa, isto pode??

    • abril 13, 2011 às 10:52 am

      Olá Lucimar! Obrigado por visitar o blog. Não estou entendendo porque estão construindo tantas fossas. Por acaso estão tentando achar o melhor lugar? Estão construindo essas fossas de acordo com algum padrão? E o problema de uma fossa mal construida é o perigo que representa quando próximas a construções. Verifica com calma essa questão e me passe mais detalhes, se for seu vizinho e você acha que esteja representando risco para sua residência, denuncie na prefeitura da sua cidade, ou verifique com o Crea.

  34. Tunico Camargo
    maio 14, 2011 às 9:12 pm

    Boa noite Ernesto!

    Estou com umas duvidas na montagem da fossa como faço os furos nos tambores, se vai cotovelo nas duas pontas que ligam os tambores e quantos centímetros de pedra vai debaixo do cano da saída.

    • maio 19, 2011 às 5:03 pm

      Olá Tunico,

      Obrigado por visitar o blog. Em relação aos furos nos tambores, você pode utilizar um acessório que vai na furadeira chamado “furacopo”, você pode verificar um com diametro equivalente ao do cano. O cotovelo vai só na saída de cada tambor, em relação as pedras, você pode colocar em torno de 5 cm a 10 cm. Abraço!

  35. Meiry Marques
    maio 17, 2011 às 7:55 am

    Moro numa cidade ao norte do Paraná, e estou na mesma casa há 22 anos, minha fossa é séptica e sempre funcionou mto bem, mas de alguns anos pra ca estou tendo q limpá-la constantemente, mais ou menos de 4 e 4 meses. Gostaria de saber se há como recuperá-la pois acima dela o terreno esta todo com calçada, e nao gostaria de quebrá-las. Me ensinaram a jogar cal virgem mais ainda nao sei se funciona. Minha caixa de gordura esta sempre limpa, e nao moro perto de rios. Gostaria que se possivel, me respondesse urgente. Desde já, muito obrigada.

    • maio 19, 2011 às 4:42 pm

      Meire,

      Obrigado pela visita ao blog! Qual a profundidade e o diâmetro da sua fossa? Aumentaram a quantidade de pessoas na casa? Ela é impermeabilizada ou está em contato direto com o solo? Preciso que responda a essas perguntas para que eu possa ter uma idéia do que possa estar acontecendo. Abraços

      • Meiry
        maio 23, 2011 às 9:33 am

        Ola Ernesto! A quantidade de pessoas é a mesma, ou seja, somente 3 pessoas. E a fossa é impermeabilizada.

      • Meiry
        maio 23, 2011 às 9:54 am

        Me desculpe esqueci de responder, a fossa possui tres compartimentos, medindo cada um 1,10m X 1,50m e aproximadamente 2,5m de profundidade (só pra ressaltar essa medida é de cada compartimento.)

      • maio 26, 2011 às 8:55 am

        Meiry,

        Equipamentos que consomem muita água, tal como máquinas de lavar roupa, possuem uma grande parcela de culpa no transbordamento de fossas. Você possui um sumidouro ou vala de infiltração após os compartimentos? Pois o seguinte, após o tratamento efetuado pelas fossas, o que segue adiante é praticamente só a parte líquida, que pode ser infiltrada no solo. Verifique a situação, se não houver, é interessante implantar. Como no seu caso me parece que você não possui lençol freático superficial, então recomendo um sumidouro. Espero ter ajudado! Abraço.

  36. joelma
    maio 19, 2011 às 3:08 pm

    olá achei exelente a ideia da fossa septica. moro em santa catarina 500 metros da praia,por isso o chão e muito umido qualquer buraco de um metro ja da agua,posso usar essa fossa.com sistema de infiltraçao.ainda sim precisa de outro burao para o sumidouro.ou pode ser so os canos de infiltraçao.obrigado .preciso urgente de resposta por gentileza,e parabéns pela ideia.a prefeitura de sc devia aderir essa ideia.abraços

    • maio 19, 2011 às 4:40 pm

      Olá Joelma,
      Obrigado pela visita no blog. No seu caso, provavelmente o lençol freatico de sua região é bem superficial. O interessante é usar a vala de infiltração, fazendo os furos e colocando as pedras por baixo. É interessante também plantar plantas que exijam muita água, como bananeiras nas proximidades.

    • lima
      agosto 24, 2011 às 11:02 pm

      Achei muito interessante esta fossa séptica econômica. Apenas fiquei com uma dúvida quanto na parte da sedimentação dentro dos barris. Como pode ser feita a limpeza deste lodo ativado? Pode dar entupimento? Qual a manutenção após um longo período de tempo utilizando esta fossa séptica.
      Obrigada.

      • agosto 25, 2011 às 12:22 pm

        Olá Lima,

        A limpeza dessas fossas pode ser feita da forma convencional, com a utilização de caminhões limpa fossa, que sugam o lodo que se deposita no fundo. Dificilmente vai dar entupimento dos canos e o local que vai ter maior quantidade de lodo é na primeira câmara. Agora você pode utilizar um equipamento equivalente para retirar o lodo. O problema é a destinação do lodo, que , como sugestãom pode ser utilizado como adubo com a adição de cal virgem para eliminar os patogenos.

  37. Meiry
    maio 26, 2011 às 9:55 am

    Muito obrigada pela sua atenção, foi de grande valia sim! Abraço…

  38. lima
    agosto 25, 2011 às 1:30 pm

    Obrigada pela atenção Ernesto!!
    Estou interessada em aplicar esta fossa em meu bairro rural. Então este lodo pode servir de adubo para as plantas. Mas a água saída pelo terceiro barril, necessita de algum tratamento químico para ser utilizada novamente na residência ou deverá ser utilizada em hortas por exemplo? Tem algum tempo específico para a utilização deste lodo e esta água na eliminação dos agentes patógenos?
    Obrigada mais uma vez!!!!

    • agosto 25, 2011 às 4:05 pm

      Lima,

      O lodo pode servir sim de adubo para plantas, não sei lhe informar exatamente o tempo específico para a retirada do lodo, mas recomendo retirar principalmente da segunda e terceira camara onde houve um tempo maior de maturação. Quanto a água que sai do terceiro barril é melhor utilizada em culturas onde o fruto não é regado diretamente e que requerem bastante água tais como bananeiras. Não recomendo o uso em hortas com vegetais como alface, couve, couve flor e outros semelhantes onde existe o consumo da folha diretamente.

  39. kati
    setembro 5, 2011 às 1:41 pm

    ola estou fazendo um projeto onde faço citações a foças sépticas, gostaria muito de saber quais serão os lucros financeiros q esse tipo de fossa pode me trazer com o decorrer do tempo.
    e se com um ano posso ter o dinheiro investido de volta.

    • setembro 6, 2011 às 5:08 pm

      Boa tarde Kati,

      Obrigado por visitar o blog. Em primeiro lugar o custo dessa fossa é bem inferior ao de uma fossa convencional. Essa fossa também está de acordo com a norma, é compacta e pode ser instalada em lugares que tem lençol freático superficial. Ela é também de fácil manutenção e leva um bom tempo para precisar ser limpa.

  40. Marco André S Marinho
    setembro 23, 2011 às 6:32 pm

    Parabéns pela iniciativa.Muito interessante e pratico.

  41. Nilson de Carvalho
    setembro 26, 2011 às 3:41 pm

    Olá sou o nilson tenho um sitio e quero montar um fossa séptica , eu queria saber se fica mal cheiro ao redor da fossa

    • setembro 27, 2011 às 9:55 am

      Olá Nilson, obrigado por visitar o blog.
      O odor causado por essa fossa é mínimo, em alguns casos imperceptível, visto que existe uma caixa de inspeção em cada câmara que reduz drasticamente a saída de gases como o gás sulfídrico(cheiro de ovo podre).

  42. gilberto moraes de almeida
    outubro 13, 2011 às 1:51 pm

    boa tarde sr. Ernesto, moro em Nova Friburgo-rj., e tenho um problema enorme com a fossa, é o seguinte, fiz uma fossa, filtro e sumidouro, mais a terra, não absorve mais a agua, já fiz até mais dois sumidouros ladeados e já estão começando a vazar, detalhe, não tenho rede publica de esgoto. O sr. tem alguma solução para este tipo de problema ?

    • outubro 13, 2011 às 6:02 pm

      Boa tarde Sr. Gilberto. Obrigado por visitar o blog. Provavelmente seu solo está compactado, não permitindo mais a infiltração da água, o interessante seria realizar um processo de descompactação desse solo. Talvez podem haver pedras também que impeçam a infiltração da água no solo, isso deve ser averiguado realizando a escavação no local. Uma dica interessante para absorção de excesso de água é o plantio de vegetais que naturalmente são grandes consumidores de água, como bananeiras por exemplo. Tenho 3 perguntas a fazer: quantas pessoas moram na residência atualmente? Qual a profundidade da fossa e do sumidouro? Você sabe a profundidade do lençol freático? Abraço, Ernesto

  43. manuela amaral
    outubro 31, 2011 às 1:55 pm

    sou de ipuiuna mg e gostaria de saber quanto tempo leva para encher essa fossa economica e como depois esvazia-la.

    • novembro 3, 2011 às 9:11 am

      O tempo depende da quantidade de pessoas residentes no local e a frequência do uso de água na residência, posso lhe afirmar que demora. O processo para esvaziar é o mesmo de fossas sépticas convencionais, utilizando o serviços de caminhões limpa-fossa. As caixas de inspeção são criadas justamente para isso.

  44. Leonardo Penaforte
    novembro 5, 2011 às 11:08 am

    Parabéns!!!

    Ecologicamente correto e economicamente viável. É de idéias como esta, que tentamos melhorar de uma maneira simplificada o nosso meio ambiente.

    Gostaria de saber se tem algum documento detalhando o processo de construção desta fossa?

    Obrigado!

    • novembro 17, 2011 às 8:10 am

      Bom dia Leonardo, não possuimos nenhum documento detalhando o processo de construção, já pensei em escrever um, mas esta faltando tempo. Tente entrar em contato com a prefeitura de Pindamonhangaba que provavelmente eles o terão. Obrigado pela visita!

  45. Luiz Henrique
    novembro 6, 2011 às 1:12 pm

    Sr. Ernesto, parabéns pelo projeto, saneamento é saúde!
    Posso utilizar o gás produzido nas etapas?
    Desde ja, agradeço a atenção!

    • novembro 17, 2011 às 8:11 am

      Claro, o gás metano produzido no processo de decomposição poderá ser utilizado normalmente. Obrigado pela visita Sr. Luiz!

  46. juliano
    novembro 19, 2011 às 9:53 am

    Oi, gostaria de saber se a água do chuveiero e maquina de lavar roupas por conter sabao e outros produtos de limpeza podem ser direcionadas para a fossa septica, ou tem que ir diretamente para o sumidouro sem passar pela fossa. Acredito que esses produtos de limpeza devam interferir no processo de decomposicao das bacterias.

    • novembro 23, 2011 às 7:50 am

      Bom dia Sr. Juliano. Os produtos de limpeza, sabonetes, amaciantes, são biodegradáveis, ou seja, não há problema em se direcionar o resíduo para a fossa, visto que não irão atrapalhar o processo de decomposição das bactérias.

  47. RAIMUNDO ALVES CALDAS
    dezembro 2, 2011 às 12:04 am

    SR ERNESTO BOA NOITE, FANTÁSTICA ESTA IDEIA, É REALMENTE MUITO ECONÔMICA
    1. IMAGINEI UTILIZAR 04 TAMBORES DE MODO QUE POSSAM FICAR COLADOS UM AO OUTRO FORMANDO QUASE UM QUADRADO, DESTA FORMA POUPO ESPAÇO E CONCENTRO OS TAMBORES, E FACILITA PARA EU FAZER APENAS UMA TAMPA DE CONCRETO, QUE CUBRA OS QUATRO TAMBORES AO MESMO TEMPO. HÁ ALGUM PROBLEMA??????
    2. PORQUE PRECISAMOS UTILIZAR A CURVA DE 90º VIRADA PARA BAIXO NA SAÍDA DE UM TAMBOR PARA O SEGUINTE???
    3º PENSEI TAMBÉM EM UTILIZAR DOIS CANOS DE 6 METROS SAINDO DO ÚLTIMO TONEL, CADA UM SENDO DIRECIONADO PARA UM PONTO DO TERRENO (POR EXEMPLO FAZENDO 90º ENTRE SI)

    • dezembro 13, 2011 às 10:17 am

      Bom dia Sr. Raimundo,

      Esta idéia realmente é muito interessante, e tem resolvido o problema da destinação dos efluentes. Sobre sua idéia, eu fiquei um pouco com dúvida. Os 4 tambores vão receber o líquido ao mesmo tempo? Por que na fossa econômica a intenção é que cada tambor receba cada vez menos a parte sólida, ficando basicamente só o líquido que será destinado a uma vala de infiltração ou sumidouro. Se na sua idéia você mudar somente a posição dos tambores, individualizados e manter a inclinação para que cada estágio receba o líquido então não há problema. A curva de 90º no cano é só para direcionar o fluxo do líquido para baixo. Não é necessário fazer a saída em dois canos.

  48. CONDOMINIO EDIFICIO CANAA
    dezembro 12, 2011 às 10:55 am

    Olá, estou com problemas de infiltração da fossa do condomínio ela está vazando para garagem. Gostaria de saber se posso cimentá-la por dentro com o objetivo de impermeabilizá-la. Qual cimento devo usar, portland? Qual sua opinião obrigado. Marcio

    • dezembro 13, 2011 às 9:54 am

      Claro, você pode impermeabilizá-la sem problemas, desde que exista uma segunda etapa, o sumidouro, que é para onde a parte líquida deve ir. Eu tenho duas perguntas: Quanto tempo essa fossa existe e há quanto tempo começou a vazar? Pergunto isso pois se a fossa não é recente, é necessário descobrir por que essa infiltração começou.

      • CONDOMINIO EDIFICIO CANAA
        dezembro 13, 2011 às 12:42 pm

        Bem o prédio é recente tem 6 anos, na garagem existem fendas nos canto superior por onde há os vazamentos. acredito que o material empregado fora de má qualidade. Vou tambem fechar as vendas. Existem tres sumidoros que a ex-sindica fez por conta dos vazamentos. Eu pergunto então que tipo de cimento utilizo> O de secagem rápida argamassa de cimento libera rápido, ou cimento comum. Houve pelo que eu saiba desde o ínicio vazamentos pela garagem, segundo o primeiro síndico do prédio. Obrigado. Márcio

  49. CONDOMINIO EDIFICIO CANAA
    dezembro 15, 2011 às 9:51 pm

    <

  50. CONDOMINIO EDIFICIO CANAA
    dezembro 15, 2011 às 9:52 pm

    Acho que vou utilzar a libera rapido mesmo. Obrigado pela confirmação e parabéns pelo blog

  51. Francielly
    janeiro 23, 2012 às 12:17 pm

    Olá Ernesto!
    Gostaria de saber se a capacidade desta fossa mostrada no video atende pra uma residencia com três moradores? E se fosse mais uns 5 moradores na casa. Em fim resumindo esta fossa atende para até que capacidade?
    Grata!
    Francielly Moreira, Bom Jesus do Araguaia – MT

    • fevereiro 15, 2012 às 9:19 am

      Olá Francielly, a fossa atende bem 5 moradores.

  52. Jorge Marinho
    janeiro 31, 2012 às 10:50 am

    Olá Sr. Ernesto, gostaria de saber se é possível usar esse modelo de fossa num chalé na zona rural onde fica a maior parte do tempo fechado, sendo utilizado apenas em alguns finais de semana e feriados.

    • fevereiro 15, 2012 às 9:17 am

      Olá Sr. Jorge, claro que sim, é possível, com muito ou pouco uso, como é o seu caso. Obrigado por visitar o blog!

  53. marcos
    fevereiro 8, 2012 às 11:03 am

    bom dia gostaria de saber para contas pessoas e esse sistana de fossa com os tambor de 200L?

    • fevereiro 15, 2012 às 9:18 am

      Na verdade depende muito da quantidade de água que será utilizada todos os dias na residência, muitas vezes poucas pessoas gastam mais água que muitas pessoas, mas no caso mais especifico acredito que a fossa funciona muito bem para um família de 5 pessoas.

  54. Brand
    fevereiro 12, 2012 às 9:50 pm

    Olá, tenho um terreno em área rural e não há tratamento de esgoto nas proximidades e necessito fazer uma fossa urgente, porém o local é muito encharcado pra qualquer lado que se vá. O que devo fazer nesse caso? Obrigada. Brand

    • fevereiro 15, 2012 às 9:15 am

      Bom dia, obrigado por visitar o blog. Você pode construir a fossa econômica com os tambores plásticos, como no vídeo. Ao invés de um sumidouro, utilize uma vala de infiltração e plante alguns pés de bananeira no local, eles são excelentes para deixar o terreno menos encharcado.

  55. Paulo Moreira
    fevereiro 13, 2012 às 8:52 am

    Oi
    Moro em Florianópolis e o meu terreno é uma grande pedra em declive no morro. Existe um cano que leva o líquido p/um sumidouro coletivo na rua mais abaixo, mas preciso de uma fossa no meu terreno (pedra). Perguntas:
    1- Posso fazer este processo dos tonéis (fossa) fora da terra (na superfície)?
    2- Onde conseguir os tonéis?

    agradeço de antemão

    • fevereiro 15, 2012 às 9:13 am

      Olá Paulo, obrigado por visitar o blog. Você pode fazer na superfície sim, a questão de colocar no nível da terra os tonéis é meramente estética. Claro que você precisa obedecer a inclinação dos canos para que o efluente passe de um tambor para o outro. Esses tambores são encontrados em empresas que trabalham com embalagens plásticas. Um busca rápida na internet e você encontra vários locais.

  56. marcio
    fevereiro 15, 2012 às 8:30 am

    BOM DIA
    GOSTARIA DE SABER O QUE POSSO COLOCAR EM MINHA FOSSA SEPTICA POIS O ODOR ESTA FORTE, UMA VEZ QUE JA FOI EFETUADA A LIMPEZA DA MESMA COM A RETIRAR DOS DEJETOS.
    A ALGUM PRODUTO QUE OSSA COLOCAR PARA DIMINUIR ESTE PROBLEMA DE ODOR ?

    • fevereiro 15, 2012 às 9:07 am

      Bom dia Marcio, obrigado por visitar o blog. Existem produtos em pó que contem bactérias “adormecidas”, que são excelentes para remoção do mau cheiro. Um exemplo seria esse site: http://www.biorooter.com.br. Mas é claro que existem várias outras opções de empresas que fabricam o mesmo tipo de produto. Espero ter ajudado! Abraço.

  57. tereza
    março 22, 2012 às 9:18 pm

    moro em Marechal Deodoro mais precisamente praia dop françes. no inverno temos sérios problemas com as fossas, pois a região é de amangue e dá água a menos de 1 m. as fossas enchem e a gua suja se mistura com a agua da chuva casusando grande mau estar e mau cheiro no ambiente. será que a fossas com os toneis deplástico seria a solução? e o solo por onde pasam os tubos furados nãoo fica contaminhado?

    • março 23, 2012 às 8:39 am

      Tereza,

      É sempre interessante construir fossas de acordo com a norma. O interessante que temos ai, é que a parte onde é realizada a maior parte do tratamento não entra em contato com o solo, ou seja, é impermeabilizado. Como temos 3 toneis, a digestão ocorre mais no primeiro compartimento, o segundo e o terceiro servem apenas para liberar um efluente com baixa carga orgânica, que não terá mau cheiro. Como já dei essa dica aqui, coloque uma vala de infiltração após o terceiro compartimento e realize o plantio de espécies de árvores que gostem muito de água.

  58. tereza
    março 22, 2012 às 9:23 pm

    frutos de arvores plantadas em terreno umido por agua de sumidoros de fossas sãoo contaminados, impróprioo para o consumo?

    • março 23, 2012 às 8:33 am

      Bom dia Tereza,

      Obrigado por visitar o blog. Respondendo a sua pergunta, se não houver contaminação do efluente do sumidouro por metais pesados, não existe de risco de contaminação das frutas cultivadas. Não é comum haver metais pesados no esgoto doméstico.

  59. Paulo Carvalhal
    março 30, 2012 às 12:49 am

    boa noite,fiz uma fossa idêntica ha cerca de 11 anos por orientação de um amigo.Agora estou precisando mudá-la de lugar e o novo local terá de ter duas curvas de 90 graus para alcançar o primeiro galão.
    1)teria algum problema?
    2)estou pensando em usar 5 galões por se tratar de 10 pessoas usando o local,adiantaria?
    3)o que é usado para vedar a entarda dos canos nos galões?silicone comum?
    4)o que fazer para evitar o cheiro do respiro?
    5)posso usar a saida para o sumidouro em cano de 50 milimetros?para aproveitar o cano antigo e a respectiva entrada do sumidouro.
    Agradeço muito a disposição do senhor em nos responder e peço desculpas por tantas perguntas de uma vez,é que devido a um vazamento da rede de esgoto que está indo para a casa do vizinho,preciso fazer a troca ainda esta semana.
    Atenciosamente,Paulo Carvalhal.

    • março 31, 2012 às 8:44 am

      Bom dia Paulo, respondendo as suas perguntas:
      1) Não tem problema as curvas de 90 graus, o joelho existe pra isso.
      2) Adianta sim, o interesse da fossa é reter a parte sólida, portanto, se o uso é grande, um maior tratamento nas etapas iniciais garante um melhor resultado na saída da parte líquida do efluente tratado.
      3) Pode utilizar silicone comum sim.
      4) Coloque no primeiro tambor um cano com uma saída mais elevada. Acima da cabeça.
      5) Pode aproveitar, sem problemas.

      Espero ter lhe ajudado. Abraço!

  60. paula
    março 30, 2012 às 12:07 pm

    ola bom dia eu moro num terreno que quando cavei minhas sapatas minou muita agua , gostaria de saber se esta fossa economica serviria para mim?

    • março 30, 2012 às 7:51 pm

      Paula, essa fossa é ótima para terrenos cujo lençol freático é superficial, como no seu caso. Recomendo a utilização da vala de infiltração, como no vídeo, ao invés do sumidouro.

  61. Paulo Carvalhal
    março 30, 2012 às 9:08 pm

    boa noite Ernesto,viu minha pergunta acima?
    gostaria também saber onde arrumo os galões pois passei o dia inteiro atrás de algum e não achei aqui em Ubatuba.
    Att.Paulo Carvalhal

  62. abril 1, 2012 às 10:24 pm

    Ola!
    Reparei no video que a vala de infiltração tem 12 m mas meu terreno tem uma limitação de espaço portanto a vala de infiltração pode ser de no maximo 6 m! Sera que é pouco?
    Muito obrigado!

    • abril 2, 2012 às 9:31 am

      Bom dia Bruno,

      Obrigado pela visita ao blog. Você pode usar sem problemas uma barra com 6 m. Abraço

      Ernesto

  63. abril 2, 2012 às 9:36 pm

    Muito importante esse blog! Esclareceu muitas duvidas!
    Tenho so mais uma duvida..
    Posso desaguar a agua cinza junto tambem?
    Ou so agua negra?
    Valeu Ernesto..

    • abril 3, 2012 às 7:42 pm

      Obrigado Bruno!

      Sobre sua dúvida, você pode desaguar a água cinza sem problemas. Alguns dizem que a água cinza contem substâncias que prejudicam a eficiência da fossa, mas hoje os produtos são mais modernos e esse conceito já não é mais tão verdadeiro.
      Abraço

      Ernesto

  64. Bruno cipeli roscel lopes
    abril 4, 2012 às 12:17 am

    Mais uma vez, muito obrigado pelas informações!
    Como estou montando a fossa as duvidas vão aparecendo!
    como eu faço com o final do cano da vala de infiltração?
    Devo tampalo para que a agua seja obrigada a passar pelos orificios?
    Valeu as dicas Ernesto! Está sendo de grande ajuda

    Abraço

    • abril 12, 2012 às 2:59 pm

      Boa tarde Bruno,

      Só agora vi seu novo comentário. O blog havia considerado esse último como spam, não entendo porquê. Sobre a vala de infiltração, fica a seu critério colocar uma tampa no final do cano, visto que provavelmente o líquido nem chegará até o fim, mas se chegar o caminho dele é o solo, já que o cano estará um pouco abaixo da superfície.

      Abraço

  65. Silvana Batista
    abril 6, 2012 às 9:29 am

    olá bom dia! minha area disponivel para fazer minha fossa é de 4mX3m como devo proceder pois moro no litoral e o lençol freatico é de mais ou menos 1,5m.
    muito obrigada!!

    • abril 10, 2012 às 8:12 am

      Pode montar a fossa econômica da mesma forma, mesmo com pouco espaço. Utilize a vala de infiltração, já que provavelmente o lençol freático da sua região é muito superficial.

  66. Allysson Kleber
    abril 21, 2012 às 12:03 pm

    Boa Tarde, me chamo Allysson Kleber, sou estudante de Ciências Biologicas e formado em Gestão ambiental, gostaria de saber se tem como fazer a fossa econômica,em lugares que não seja plano, pois estou com um projeto junto a UEPB pra recuperar o Rio Jaguaribe,rio esse que corta toda nossa cidade, e existe algumas comunidades ribeirinhas que joga seu esgoto diretamente no rio, e essa fossa daria muito certo nessa comunidade, porém o local é meio que inclinado. Qual seria o custo mais ou menos da fossa e como é o nome desses tambores que foi utilizado. Grato pela atenção

    • abril 23, 2012 às 3:36 pm

      Boa tarde Allysson Kleber, obrigado pela visita ao blog e PARABÉNS pela sua iniciativa. Os tambores utilizados não tem um nome específico, mas geralmente são conhecidos como tambores azuis de plástico.O preço de um de 200 L gira em torno de R$ 30,00 a R$ 50,00, novo. no caso se forem 3 no menor preço sairia a R$ 90,00, mas você pode tentar comprar usado, o que daria uma economia e tanto. A barras de cano são bem em conta e você pode compra-las em demolições. Se utiliza pouco cimento e tijolo para a parte de alvenaria. Você consegue facilmente uma fossa dessa ao custo de em torno de R$ 60,00 ou menos utilizando tambores usados ou doados. Quanto a inclinação do terreno não ha problema, você pode utilizar os tambores em diferentes alturas com a inclinação maior nos canos.

  67. Paulo Carvalhal
    abril 22, 2012 às 6:17 pm

    Boa noite Ernesto,
    Primeiramente muito obrigado pela atenção dada às perguntas,me ajudou muito.
    Gostaria de saber duas coisas:
    1)o respiro do primeiro galão pode ser feito com um cano de menor diâmetro?por exemplo o de 3/4?
    2) como fazer para acabar com o mal cheiro neste respiro ?
    Obrigado
    ps:descobri um local que vende os galões na capital São Paulo ,ja que está muito difícil achá-los.Quem quiser endereço entrem em contato no e-mail: daluamacaia@yahoo.com.br

    • abril 23, 2012 às 3:38 pm

      Boa tarde Paulo,
      Pode ser feito sim, sem problemas.

  68. Jerson
    maio 3, 2012 às 11:47 am

    gostaria de saber se no ultimo cano de saida se o mesmo deverá ficar aberto ou se deverá ser tampado?

    • maio 3, 2012 às 1:12 pm

      Boa tarde Jerson,

      É interessante interromper o fluxo do efluente no final do cano para facilitar a infiltração deste na terra através dos furos criados justamente para isso.

  69. Francielly
    maio 8, 2012 às 9:00 am

    Olá Ernesto! gostaria de saber se para este tipo de fossa posso direcionar todo tipo de esgoto, tipo água de vaso sanitário, chuveiro, pia de banheiro, pia de cozinha, tanque de área de serviço e maquina de lavar em fim todo o meu esgoto domestico. Para concluir, na casa existe apenas 2 moradores e possui 3 banheiros e 2 pias de cozinha e área convencional de serviço, posso manter a quantidade de 3 tambores ou terei de acrescentar mais?. Grata

    • maio 12, 2012 às 9:16 am

      Bom dia Francielly, obrigado pela visita. Existe uma discussão a respeito desse assunto. Resolvi estudar a fundo para não dar uma informação equivocada, como acho que deva ter acontecido aqui em uma outra oportunidade. As águas cinzas, que são as águas da máquina de lavar, pias, chuveiros e tanques não devem ser direcionadas para a fossa séptica pois contem substâncias que dificultam a biodigestão pelas bactérias. Para essas águas o correto é direciona-las para uma caixa de brita que fará a penetração da água no solo. É interessante fazer uma espécie de círculo de bananeiras, caso seu terreno tenha espaço para que a planta absorva o excesso de água presente no solo. A água do vaso sanitário(água negra) deve ir para a fossa, pois nas fezes que temos o maior problema, tanto relacionado a patógenos, quanto de matéria orgânica. No seu caso não é necessária a utilização de mais do que 3 compartimentos e é interessante colocar um suspiro no primeiro e segundo estágios.

  70. Moises Aparecido de campos
    maio 20, 2012 às 10:41 am

    Por favor gostaria de saber se tem que ser retirado o lodo do primeiro, segundo e terceiro tambor, se esse lodo tem que ser retirado por caminhão.Tem fossa septica vendida no mercado que diz que o lodo é retirado apenas abrindo um registro que ele sai sem cheiro e transforma em pó com a evaporação e pode ser descartado no terreno. Moro em uma chácara que tem fossa negra, está cheia e estou pretendendo instalar uma fossa septica mas é muito caro a existente no mercado e o lugar da fossa não tem como entrar caminhão para limpeza, gostaria de saber se eu podia retirar a cada tempo parte do lodo ou com uma bomba sapo deixar esse lodo secar e descartar no terreno e se esse lodo sai sem cheiro. Desde já agradeço sa informações e aguardo a resposta.

    • maio 21, 2012 às 1:09 pm

      Bom dia Moises, o lodo pode ser retirado com uma bomba, sem auxilio de caminhão. Para fazer o descarte no terreno, é necessário a adição de cal para matar os patógenos. Ele pode servir como adubo por exemplo. Geralmente só o primeiro e o segundo estágios que tem a formação do lodo.

  71. fatima
    maio 22, 2012 às 11:31 pm

    gostaria de saber se este cano com furos são colocados para cima ou para baixo ? OBRIGADA

    • maio 22, 2012 às 11:42 pm

      Boa noite Fatima, obrigado por visitar o blog. Os furos são colocados para baixo. Até mais.

  72. junho 4, 2012 às 6:24 pm

    boa noite.gostaria de parabeniza-los pelas informaçoes e saber se posso reaproveitar o
    liquido tratado no pomar da minha chacara . ONDE VEJO PROJETOS A ESSE RESPEITO ?

    • junho 5, 2012 às 10:39 am

      Bom dia Almir,

      Você pode retirar o lodo do primeiro estágio, acrescentar cal virgem para remover qualquer tipo de patógeno e para corrigir a acidez do lodo. Assim você pode aplicar sem problemas ao seu pomar.

  73. Antonio
    junho 5, 2012 às 3:37 pm

    Boa tarde! Parabéns pela iniciativa.
    Gostaria de saber se, para facilitar a limpeza, ao invés de eu furar o terreno ate cobrir as bombonas deixar dentro da terra somente a metade e utilizar uns joelhos para levar o líquido da 3ª bombona até o solo?
    agradecido,
    Antonio.

    • junho 6, 2012 às 8:30 am

      Bom dia Antonio, obrigado por visitar o blog e pelos elogios. Você quer utilizar a fossa da forma normal, só não vai enterrar os tambores por completo, certo? Só não entendi sobre o liquido na terceira bombona.

      • Antonio
        junho 6, 2012 às 12:13 pm

        Obrigado por responder senhor Ernesto.
        certo sobre a 1ª pergunta. Quanto a pergunta que o senhor não entendeu,pois quando se aterra as bombonas por completo o cano que sai da 3ª bombona fica reto 90 graus com a terra. No meu caso, como a bombona 3 ficará somente meio aterrada terei que usar uns 2 joelhos para ligar ao cano que fica aterrado na brita. Espero que conseguido expor a minha dúvida. Desde já agradecido, Antonio.

  74. junho 5, 2012 às 10:20 pm

    Agradeço por ter me atendido, ví alguns projetos da embrapa e de alguns produtores na area rural que surtiram ótimos resultados, vou acatar o melhor de ambas as ideias e aplicar no meu projeto. obrigado pela atencao.

    • junho 6, 2012 às 11:23 am

      Bom dia Almir, O lodo de esgoto é realmente um excelente adubo, tem sido bastante utilizado principalmente em áreas de reflorestamento. Tomara que dê tudo certo para você! Agradeço pela visita e pelos elogios.

  75. Antonio
    junho 6, 2012 às 12:14 pm

    Antonio :
    Obrigado por responder senhor Ernesto.
    certo sobre a 1ª pergunta. Quanto a pergunta que o senhor não entendeu,pois quando se aterra as bombonas por completo o cano que sai da 3ª bombona fica reto 180 graus com a terra. No meu caso, como a bombona 3 ficará somente meio aterrada terei que usar uns 2 joelhos para ligar ao cano que fica aterrado na brita. Espero que conseguido expor a minha dúvida. Desde já agradecido, Antonio.

    • junho 7, 2012 às 9:12 pm

      Ah sim, agora entendi. Pode ser feito sem problemas sim.

  76. Antonio
    junho 14, 2012 às 11:29 am

    Bom dia Sr. Ernesto. Gostaria que sanasse outra dúvida minha. Na limpeza da privada posso utilizar os produtos concencionais de limpeza? Também posso jogar agua da pia da cozinha e da pia do banheiro?
    Obrigado,
    Antonio

    • junho 14, 2012 às 9:53 pm

      A limpeza pode ser feita, mas moderadamente. Não é muito interessante usar com muita frequência esse tipo de produto no vaso, pois pode atrapalhar o processo de biodigestão. A água da pia da cozinha ou do banheiro pode ser jogada diretamente no sumidouro ou vala de infiltração, na fossa não.

  77. Chrisorbert Junqueira
    junho 16, 2012 às 12:06 pm

    bom dia! vi que não podemos jogar a agua da pia e do chuveiro na fossa, mas ela pode ser jogada normalmente na vala de infiltração? produtos como champoo, sabonete, detergente não prejudicam o meio ambiente onde será lançado? tambem tenho duvidas sobre odores, nas caixas é preciso um cano de escape para os gases e esses gases possuem odor? e vc teria alguma planilha ou material ensinando fazer passo a passo para me mandar? desde já agradeço pela a sua atenção e parabenizo pela iniciativa.

    • junho 17, 2012 às 7:46 pm

      Olá Chrisobert, obrigado pela visita. Realmente é interessante você jogar esse tipo de efluente, de pias e chuveiros, diretamente em um sumidouro, caso não haja condição para isso, faça uma vala de infiltração e plante vegetação que consuma bastante água, tal como bananeiras por exemplo. Sobre o passo a passo da fossa estou planejando um para colocar aqui no blog para o pessoal baixar. Abs

  78. junho 22, 2012 às 10:17 am

    Lucas Magri :
    Olá, este tipo de fossa pode ser feito abaixo da calçada? estou construindo 4 casas com 9 metros de frente cada… e pensei que daria pra fazer esse sistema na calçada de cada uma… que mede 2mts de largura por 10mts de frente. na verdade minha duvida principal é… a agua q vai sair pelo cano é tratada, limpa? e a segunda duvida é, há risco dessa agua descartada criar erosão ou até mesmo manter alguma parede umida que esteja proxima a ela? desde ja agradeço… bom diaaaaaa !

    obs: você tambem saberia me informar a questão de vida util dessa fossa?

    • junho 26, 2012 às 11:02 am

      Olá Lucas, obrigado pela visita. Esse tipo de fossa pode sim ser feito abaixo da calçada, sem problemas. O tratamento do efluente é feito principalmente na primeira bombona, onde é até interessante ter um suspiro. A segunda e terceira bombona é para reter ainda mais a parte sólida flutuante que por ventura tenha passado para elas. O líquido que sai a partir da terceira etapa do tratamento já está com um redução drástica da quantidade de matéria orgânica e pode ser então infiltrada no solo sem preocupação de contaminação do solo. Essa infiltração pode ser feita com o uso da vala de infiltração, como explicado no vídeo, ou através de um sumidouro. Não é interessante, em ambas situações, ter a parede muito junta, é melhor respeitar uma distância mínima de segurança, digo ai pelo menos uns 2 m. A limpeza desse tipo de fossa é bem simples e a vida útil depende muito da quantidade de pessoas que a utiliza pois diferentemente da fossa negra, onde tanto a parte líquida quanto a sólida diminuem sua vida útil, além de contaminar o solo, nesse tipo de fossa econômica,a parte líquida, que corresponde a mais de 95% do esgoto, e é liberada tratada, enquanto a parte sólida, que é a parte mínima, é retida, transformando-se principalmente em lodo.

  79. mauricio
    junho 27, 2012 às 12:20 pm

    boa tarde quanto tempo leva para fazer a limpeza da fossa uma casa de 5 pessoas so no fim de semana

    gto

    • julho 4, 2012 às 11:29 am

      Bom dia Mauricio, não consigo estimar para você com exatidão, mas é questão de anos.

  80. silvana
    julho 2, 2012 às 11:51 am

    comprei um imóvel novo e estamos morando nele a exatos 9 meses. Não dispomos de sistema de esgoto e a construtora fez uma “fossa” que recebe toda água utilizada na casa: banheiros(pia, vaso e chuveiro), pia da cozinha e etc. neste final de semana tivemos uma surpresa desagradável pois ocorreu uma infiltração nos banheiros e minha casa ficou impestiada de água de esgoto. a fossa encheu em apenas 9 meses, detalhe, passamos o dia fora de casa. Quando procurei a construtora ela me disse que eu teria de mandar secar a fossa. Simples assim, de 9 em 9 meses tenho que desembolsar R$300,00 para secar a bendita.
    O que me inquieta é o seguinte: Se a proposta é larçar toda água consumida na casa pra essa fossa, ela não teria de ser adequada a finalidade? seria fossa septica e sumidouro ou só a fossa resolveria?É de minha responsabilidade sanar o problema ou dellas?
    Obrigada

    • julho 4, 2012 às 11:27 am

      Pelo que você me disse, existe somente a fossa, sem sumidouro, certo? Nesse caso você tem a conhecida fossa negra, que é um problema de saúde pública. Nas construções atuais, inclusive para obter financiamento da Caixa, é necessária uma fossa séptica com o sumidouro. Um sugestão é a construção do sumidouro. A fossa não foi feita para o liquido infiltrar no solo, somente o sumidouro. Provavelmente com a construção desse, com um bom volume, seu problema será resolvido.

  81. Paulo Carvalhal
    julho 3, 2012 às 1:16 am

    bom dia seu Ernesto,
    gostaria de saber o que posso usar para vedar bem a entrada e saida dos tambores junto aos canos pois o silicone não está resolvendo.

  82. DANIEL BORGES RODRIGUES
    julho 12, 2012 às 5:06 pm

    OLÁ AMIGOS

    ESTOU CONSTRUINDO ESTA FOSSA EM MINHA CASA, POIS A ANTIGA NÃO ESTA INFILTRANDO MAIS. O SOLO AQUI É MUITO ARENOSO QUASE COMO SE FOSSE UMA AREIA DE PRAIA ESSE SISTEMA DE INFILTRAÇÃO POR CANO VAI FUNCIONAR? QUE TEMPO ESTA FOSSA VAI DURAR? POIS ACHO QUE COM O TEMPO VAI CRIANDO UMA ESPÉCIE DE LIMO QUE TORNA O SOLO IMPERMEAVEL, SIM OU NÃO?

    • julho 16, 2012 às 10:58 am

      Bom dia Daniel,

      Antes de mais nada, tenho umas perguntas:
      1 – Só existe o compartimento da fossa, ou tem um sumidouro ou vala de infiltração após? Pois se for somente a fossa, esta é conhecida como fossa negra e não é recomendada, sendo que realmente a sua vida útil é pequena.
      2 – caso você tenha sumidouro, existe incidência de luz solar diretamente nele?
      Por enquanto é isso Daniel, aguardo suas respostas.

  83. julho 13, 2012 às 8:10 pm

    Olá estimado agente social Ernesto,

    Encontrei um vídeo com resolução melhor e mais atualizado para elucidar a implementação dessa fossa.

    Queira por gentileza, se de acordo, incluir no topo da página para assim facilitar aos interessados.

    Segue o link: http://youtu.be/ZyQW7ndQwEE.

    Grato!

    Abraço,

    Danilo

    • julho 16, 2012 às 10:51 am

      Obrigado pela dica Danilo, já fiz uma nova postagem no blog e um atualização para esse post mais antigo.

  84. DANIEL BORGES RODRIGUES
    julho 21, 2012 às 11:39 am

    OLÁ ERNESTO, RESPONDENDO SUA PERGUNTA: FIZ UMA FOÇA COM DOIS TUBOS DE CONCRETO DOS GRANDES UM ENCIMA DO OUTRO COM FUNDO DE CONCRETO E AO LADO UM SUMIDOR COM OUTRO TUBO SEM FUNDO E TODO FURADO E EM VOLTA CACO DE TELHAS E ESTE SUMIDOR ESTÁ MUITO FUNDO ABAIXO DOS DOIS TUBOS DA FOÇA, MAIS OU MENOS A DOIS METROS DE PROFUNDIDADE…O PROBLEMA AQUI É O SOLO ELE É IGUAL A AREIA DE PRAIA MUITO FÁCIL E CAVAR MAS ELE INFILTRA POR UM TEMPO DEPOIS CRIA UMA CAMADA DE LIMO QUE TORNA ELE IMPERMEAVEL…ESSA MINHA FOÇA DUROU 15 ANOS MAS AGORA JÁ ERA, MESMO VINDO O CAMINÃO E ESGOTANDO, DOIS DIAS E ELA ESTÁ CHEIA NOVAMENTE…JÁ ESTOU COM OS BURACOS PRONTOS PARA ENTERRAR OS 3 TUBOS, MAS TENHO MEDO DE DURAR MUITO POUCO ESSA FOÇA, O QUE VC ACHA?

  85. agosto 1, 2012 às 11:47 am

    OLA DIRCEU.BOM DIA ESTOU A PROCURA DE UM ENGENHEIRO SANITARIO NA REGIAO DE SAO PAULO,PARA CALCULO DE DIMENCIONAMENTO.GOSTEI MUITO DE SEUS COMENTARIOS E RESPOSTAS.JOHN LENNON.OBRIGADO.

  86. roberto
    agosto 26, 2012 às 7:43 pm

    olá! muito bom este site me esclareceu quase todas duvidas e me poupou muito tempo… minha duvida é ” vou fazer quatro toneis e um sumidouro esgoto do vaso vai para o primeiro tonel e assim por sua vez para os outros… e o resto dos esgotos cozinha, ralo do banheiro e pias vai direto para o sumidouro ou para o primeiro tonel tbm??? fico no aguardo e grande trabalho de voces mesmo abraço

    • agosto 27, 2012 às 5:24 pm

      Olá Roberto. Existe uma discussão a respeito do que fazer com esgotos de pias, chuveiros, maquinas de lavar. Alguns dizem que os produtos químicos presentes nesse tipo de esgoto vão diminuir a eficácia do processo de biodigestão, já outros afirmam que existe uma interferência mas que está não é significativa. Como você irá utilizar 4 toneis, a minha opinião é que utilize o primeiro tonel para o efluente do vaso sanitário e a partir do terceiro você utilize para pia e chuveiro, claro que todos eles podem ser interligados. Obrigado pela visita!

  87. lauro
    agosto 28, 2012 às 1:45 pm

    Boa tarde Sr ernesto
    Tenho uma chacara para finais de semana pretendo fazer esta fossa septica
    so que estou tendo dificuldade para achar esta bombonas de 200 litros,no caso conseguei uma de 200 litros e duas de 80 litros,posso fazer com elas utilizando a 200 primeiro e as outras em seguida.Gostaria que me mandasse um passo a passo pois nao entendi como funciona dentro das bombonas,altura e se usar joelho ou T dentro das mesmas.por favor se possivel me mande no email lauromatozinhos@bol.com.br

  88. Aviz
    outubro 25, 2012 às 2:46 pm

    Comprei uma casa em um conjunto do lado de uma caixa d’agua sem saber que a fossa tava no quintal vizinho, depois de muita briga a construtora diz que vai fazer a fossa no meu terreno ao lado do poço artesiano e que a mesma é toda impermeabilizada.Isso é seguro?

    • outubro 26, 2012 às 8:25 am

      A fossa impermeabilizada necessariamente tem em conjunto um sumidouro para infiltrar o líquido tratado, caso contrário sua vida útil será muito curta, saiba exatamente qual a profundidade do poço artesiano, em muitos casos não existe contaminação, até mesmo por não ser o efluente direto da fossa que infiltra no solo e sim do sumidouro, a parte líquida apenas.

  89. Luiz Claudio
    outubro 25, 2012 às 9:23 pm

    olá sr Ernesto,sou do interior de minas gerais,e gostaria de saber se posso usar um recipiente maior na primeira caixa e duas bombonas de plastico nas outras,para que demore mais tempo para que eu tenha que esvazia-la,aguardo resposta OBRIGADO.

    • outubro 26, 2012 às 8:20 am

      Bom dia Sr. Luiz Claudio, obrigado por visitar o blog. Pode sim colocar um recipiente maior na primeira etapa, essa fossa demora um tempo bem longo para encher, visto que a parte líquida não fica retida, passando para as outras bombonas e saindo para uma vala de infiltração ou sumidouro, garantindo uma maior sobrevida do sistema antes de uma limpeza.

  90. maria irene
    novembro 6, 2012 às 6:23 pm

    olá sr. Ernesto, sou do interior do pará,tenho um terreno pequeno e alagado como se fosse uma ilha cercado de água, já aterramos uma boa parte mais no inverno, qualquer buraco pequeno que seja,dá na água, minha pergunta: posso fazer uma fossa com vala para drenagem ? como essa água vai infiltrar onde já e alagado? obs: no verão ainda dá para cavar um buraco com + ou – 70cm. sem que chegue na água.Gostaria muito que me desse uma orientação. Desde já agradeço . Irene.

    • novembro 8, 2012 às 1:13 pm

      Olá Sra. Irene, obrigado pela visita! Acho interessante você colocar pedras do tipo tapiocanga no seu sumidouro. Essas pedras são altamente agregadoras de matéria orgânica, e funcionam bem nesse tipo de terreno muito úmido. Abraço!

  91. elyethe marinho
    novembro 13, 2012 às 11:15 am

    adorei as explicações e a didática.
    Aprendí muito. Obrigado

  92. César Camilo
    novembro 13, 2012 às 9:14 pm

    Sr. Ernesto
    A água da pia da cozinha também pode ser direcionada para esse tipo de fossa?
    Grato
    César

    • novembro 16, 2012 às 10:07 am

      Bom dia Sr. César, existem discussões a respeito disso, uns dizem q sim, outros que não, afirmando que causa perda de eficiência do processo, mas isso é discutível. Algumas pessoas direcionam o efluente da pia e do chuveiro diretamente ao sumidouro, pois sua carga orgânica é muito inferior ao esgoto proveniente do vaso sanitário.

  93. Denilson
    dezembro 27, 2012 às 10:55 am

    Bom dia sr Ernesto! muito bom seu projeto, só uma duvida no final do tubo de infiltração devo colocar um tampao com pequenos furos ou deixo ele todo aberto mesmo, tem risco de entrar terra nele ficando todo aberto apesaR DE ESTAR DESCENDO COM A GRAVIDADE?

    • janeiro 1, 2013 às 7:40 pm

      Boa noite Sr. Denilson,

      O cano deve ser todo furado e no final deve se colocar uma tampa para evitar entrada de terra ou saída de líquido pela saída do cano. Obrigado pela visita!

      • Denilson
        janeiro 2, 2013 às 2:36 pm

        mais uma duvida sr ernesto, coloco os joelhos na entrada e também na saida? obrigado

      • janeiro 4, 2013 às 12:59 pm

        Olá Sr. Denilson, coloque somente nas saídas.

  94. luciano
    janeiro 20, 2013 às 10:09 pm

    Gostei muito das dicas, mas fiquei em duvidas quanto ao direcionamento do restante do material da casa (pia, chuveiro, etc). o que devo fazer?? uma caixa de gordura antes??

    • janeiro 28, 2013 às 9:35 pm

      Olá Luciano, direcione para o último compartimento e de lá para o sumidouro, assim os produtos de limpeza presentes nesse tipo de efluente não influem na eficiência do processo anaeróbio das primeiras câmaras.

  95. sabrina
    fevereiro 28, 2013 às 2:55 pm

    minha casa tem uma fossa nos fundos onde percebi que o piso esta afundabdo e chega ate a ardosia quebrar sera que dá para colocar esta fossa septica

    • março 1, 2013 às 2:48 pm

      Olá Sabrina,

      Essa fossa sua é uma verdadeira bomba relógio, prestes a explodir, melhor desativar logo e mandar aterrar. Quanto ao uso dessa fossa econômica, ela pode sim ser utilizada, só tem que dimensionar corretamente para a quantidade de pessoas na residência.

  96. Alan Rodrigo da Rocha
    março 1, 2013 às 4:43 pm

    Olá, Ernesto, tudo bem?
    Na minha casa tenho pouco espaço no quintal (mede mais + ou – 15 m2), qual seria a melhor saída para instalar o cano de infiltração? Posso colocar uma curva no cano? Nesse caso ficaria em forma de “L”.

    • março 7, 2013 às 8:45 am

      O cano da vala pode ser em L, não tem problema.

  97. Alan Rocha
    março 6, 2013 às 1:08 pm

    Gostaria de saber se o cano de infiltração pode ser de + ou – 4 metros, pois este é o espaço que tenho em meu quintal.

    • março 7, 2013 às 8:44 am

      Bom dia Alan,

      O recomendado é uma barra de 6 m, mas se tem apenas esse tamanho, acredito que não haja problemas. Só faça uma vala um pouco mais profunda e se possível coloque plantas que absorvem água, como bananeiras por exemplo.

  98. Denilson
    março 7, 2013 às 7:01 pm

    Boa noite Ernesto! Para uma casa de campo usando omente os fins de semana umas 12 pessoad 4 tambores sao o suficiente?

  99. rudimar Carvalho
    março 9, 2013 às 9:32 pm

    sr Ernesto , minha pergunta eh a dos dias atuais, onde se fala tanto de ecologia . Esta eh uma fossa septica ECOLOGICA ou apenas economica ?? grato Rudimar Florianopolis Santa Catrina. MInha pergunta eh por que aqui a vigilanci sanitaria esta exigindo fossas ECOLOGICAS.

    • março 13, 2013 às 5:42 pm

      Olá Rudimar, obrigado por nos visitar. Gostei da sua pergunta. Essa fossa, além de econômica, também é ecológica, pois, ao contrário das fossas negras, que tem somente uma câmara e ficam em contato diretamente com o solo, essas tratam o efluente nas primeiras câmaras e disponibiliza um efluente tratado com carga orgânica bem inferior, que pode ser despejado numa vala de infiltração ou sumidouro sem causar nenhum dano ao meio ambiente.

  100. Valentim
    abril 4, 2013 às 8:08 pm

    PARABÉNS AO(S) IDEALIZADOR(ES) DESSE SAITE.
    RESPOSTAS INTELIGENTES E DE FÁCIL ASSIMILAÇÃO.

    • abril 5, 2013 às 9:40 am

      Bom dia Valentim, obrigado pelo elogio! Grande abraço!

  101. Joscelino Rodrigues Moreira
    maio 20, 2013 às 11:09 am

    Tenho uma chácara, e gostaria muito de aplicar o sugerido por vocês. É ótimo. Por se tratar de zona rural, que destino daria aos dejetos.Pois Na cidade tem o caminhão que faz esse serviço. Você tem sugestão ? Em tempo:Na saída, dentro do ultimo tambor para a infiltração tem joelho?

    • maio 22, 2013 às 11:56 am

      Bom dia Joscelino, a ideia é de baixo custo e também muito interessante para a zona rural. Pode colocar sim o joelho no último tambor e como no seu caso parece que há um bom espaço, utilize o sumidouro ao invés da vala de infiltração, desde que o lençol freático não seja superficial. Obrigado pela visita.

  102. joão batista
    maio 21, 2013 às 9:41 pm

    o suspiro tem que ser no sumidoro ou nos tambores

    • maio 22, 2013 às 11:53 am

      Bom dia João Batista, coloque no primeiro e/ou segundo tambor.

  1. janeiro 4, 2011 às 8:57 am
Os comentários estão desativados.
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 407 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: